quarta, 21 de fevereiro de 2018
Futebol
Compartilhar:

Lionaldo Santos vai esperar defesa da Raposa e FPF para tomar uma decisão

Franco Ferreira / 30 de Abril de 2016
Foto: Arquivo
Ainda não foi ontem que o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba, Lionaldo Santos Silva, se posicionou sobre o pedido de mandado de garantia com liminar impetrado pelo Treze. Ele alegou em seu despacho que, vai esperar a defesa do Campinense e Federação Paraibana de Futebol para tomar uma decisão.

Explica Lionaldo Santos Silva, no despacho que depois de avaliar o processo impetrado pelo Treze, resolveu notificar a diretoria da Federação e o Campinense. Ele pede urgência para esclarecer o conteúdo da peça provocadora da questão judicial.

O presidente do TJDF-PB foi enfático em afirmar através do seu despacho que após, com as respectivas respostas, ou não, concluirá sua decisão no que diz respeito ao pedido de liminar formulado pelo Treze.

O Treze pede que o TJDF-PB determine a Federação Paraibana de Futebol o cancelamento da partida entre Campinense e CSP, pela fase semifinal do Paraibano. O objetivo do Treze é substituir o Campinense.

A defesa trezeana alega que o Campinense cometeu uma série de irregularidade indo de encontro com o Estatuto do Torcedor, por não ter certidão, pois tem débito com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e também com FGTS.

A Federação é apontada como conivente com a situação do Campinense. Ao ser procurado por celular para falar sobre o fato, o presidente da FPF Amadeu Rodrigues, alegou que não poderia falar, naquele momento estava em reunião para tratar do jogo Campinense e Santa Cruz pela Copa do Nordeste.

Prazo

Intimados,os dirigentes da FPF e do Campinense têm até quarta-feira, seguindo o prazo de três úteis para a defesa sobre o caso.

Relacionadas