terça, 17 de julho de 2018
Copa do Nordeste
Compartilhar:

Botafogo enfrenta o Bahia precisando vencer por dois gols

Allan Hebert / 03 de maio de 2018
Foto: Divulgação
Difícil, mas não impossível. Com este pensamento, o Botafogo visita o Bahia, hoje, às 21h45, no estádio Pituaçu, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Nordeste. Com a derrota sofrida por 2 a 1 nos primeiros 90 minutos da decisão, o Belo precisa vencer por dois gols de diferença para carimbar sua classificação à semifinal do torneio regional.

O Nordestão usa o gol qualificado, aquele marcado na casa do visitante, como critério de desempate. Por isso, uma vitória do Bota por 1 a 0 classifica o Bahia. 2 a 1 leva a decisão para os pênaltis. Já se o Belo vencer por um gol de diferença marcando três ou mais gols fica com a vaga.

Um fator que enche o torcedor do Alvinegro da Estrela Vermelha é que o clube já venceu o Bahia em Salvador nesta temporada. O triunfo foi no primeiro confronto entre as duas equipes na temporada, pela fase de grupos do Nordestão. Mesmo jogando fora de casa, o Belo venceu por 1 a 0, com um gol do meia Allan Dias.

Um dos destaques do time botafoguense na partida diante do Confiança-SE, que colocou a equipe na liderança da Série C do Brasileirão, o meia Mazinho reconheceu a dificuldade da missão alvinegra, mas em momento algum jogou a toalha e sonha com a classificação.

"Com certeza. Nada é impossível para aquele que crê. Eu acredito muito no nosso time. Sei que é difícil, mas no confronto entre Davi e Golias foi difícil também e Davi conseguiu vencer. Eu acredito nisso e nós podemos surpreender o Bahia", falou Mazinho.

A tendência é que o técnico Leston Júnior mantenha a mesma formação que derrotou o Confiança, na última segunda-feira, pela Terceirona. A dupla de zaga mais uma vez deve ser formada por Walber e Lula, já que Gladstone segue se recuperando de contusão. Os laterais Felipe Cordeiro e Fábio Alves, que se recuperam de contusão, devem ficar de fora outra vez.

Em compensação, Leston Júnior ganha o reforço do meia Allan Dias. Recuperado de contusão, ele viajou com o restante do elenco e deve ficar como opção no banco de reservas.

O Bahia vai para a partida com reforços e provavelmente também terá algumas baixas. Suspensos no jogo de ida, os laterais Nino Paraíba e Léo, além do meia Zé Rafael, voltam ao time. Em compensação, o zagueiro Rodrigo Becão e o meia Marco Antônio são dúvidas.

O Bahia finalizou a preparação para a partida com um treinamento fechado, no fim da tarde de ontem, em Pituaçu. Com algumas eventuais baixas, o técnico Guto Ferreira fez questão de esconder o time que vai começar a partida decisiva. Atual campeão do Nordestão, o treinador quer seguir forte na busca pelo bi.

 

Relacionadas