segunda, 21 de agosto de 2017
Futebol
Compartilhar:

Campinense estreia na Série ‘D’ e diretoria conta com força da torcida

Franco Ferreira / 13 de julho de 2015
Foto: Antônio Ronaldo
Com o status de campeão paraibano de 2015, o Campinense estreia no Campeonato Brasileiro da Série D, hoje, às 16h, contra o Globo-RN. Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF, com a perda de um mando de campo, o time rubro-negro faz o primeiro jogo da competição no estádio Almeidão, em João Pessoa.

Mesmo assim, a diretoria aposta na presença da torcida da Raposa. O presidente do Campinense, Wiliam Simões, destaca que, os rubro-negros têm comparecido aos jogos, este ano, e deve continuar com este mesmo entusiasmo. “Este é o momento que o clube necessita do torcedor”, disse o dirigente, afirmando que o clube foi punido pelo STJD e terá que pagar ainda uma multa de R$ 20 mil.

O treinador Francisco Diá espera o apoio, considerando ser importante o incentivo dos torcedores. Ele garante que o time está pronto para conquistar os três primeiros pontos na competição brasileira. Garante Diá que, o time mandante não pode pensar em outro resultado a não ser na vitória, mesmo considerando que, o Globo tem um time forte.

Motivado pela conquista do título estadual, o time rubro-negro conta com cerca de 50% do elenco. O treinador Diá acredita que o novo grupo tem pouco tempo para entrosar. Mesmo assim, a torcida está bastante confiante, principalmente, com a vitória diante do Treze por 2 a 0, em amistoso que valeu a Taça Campina Grande.

Entre as caras novas que, coloca em ação estão o lateral David Modesto e o zagueiro Tiago Sala, que estavam no Treze. O lateral Felipe Ramon, do Auto Esporte é outro que estreia ao lado de Pitbull e Rodrigão, recém-contratados. O time do Campinense deve começar o jogo com: Gledson, David Modesto, Tiago Sala, Joécio, Filipe Ramon; Negretti, Neto, Leandro Santos e Túlio Renan; Pitbull e Rodrigão.

O jogo que tem validade pelo Grupo A3 da Série D, às 16h, no estádio Almeidão, será comandado pelo árbitro pernambucano, Diego Fernando. Os assistentes Oberto da Silva Santos e José Maria Netto são paraibanos. Além de Campinense e Globo, o Grupo A3 ainda tem o encontro envolvendo Serra Talhada-PE e Colo-Colo-BA, em Pernambuco.

Relacionadas