segunda, 19 de fevereiro de 2018
Campeonato Paraibano
Compartilhar:

Sousa vence o Botafogo por 3 a 1 e sai na frente na fase mata-mata

Raniery Soares / 10 de Abril de 2016
Foto: Pedro Alves / Especial para o Correio
O encontro deste domingo (10) no Marizão tinha tudo para ser do Botafogo, até porque o retrospecto era positivo para o time pessoense. Porém, o Sousa mostrou superioridade dentro de casa e acabou partindo na frente no hexagonal do Campeonato Paraibano. O Dinossauro venceu por 3 a 1, mesmo com o Belo saindo na frente com um gol de Val. O atacante Giancarlo, estreante no time sousense deixou o seu e ainda colaboraram com o resultado os jogadores Tarcísio e Manú.

Para quem havia perdido os dois jogos da fase de grupos, o Sousa além de vencer o primeiro jogo do ano contra o Botafogo, ainda quebrou a invencibilidade do Time da Maravilha do Contorno, que na fase anterior, não perdeu nenhuma partida. Agora, o próximo encontro envolvendo os dois times acontecerá no dia 24 e o Belo ainda corre o risco de se classificar vencendo por apenas um gol de diferença, entrando por índice técnico, por conta do empate em 0 a 0 entre Treze e Campinense.

O jogo

Os visitantes começaram pressionando, por isso o primeiro gol não demorou muito para sair. Logo aos cinco minutos, o estreante Danielzinho aproveitou o contra-ataque e tocou para o volante Val abrir o placar no Marizão. A partir daí o jogo começou a ficar quente, com faltas constantes e até um cartão amarelo para Léo Olinda. A torcida vaiava os jogadores do Sousa por conta das oportunidades de bola parada sem sucesso, mas no finalzinho dos primeiros 45 minutos veio a surpresa.

Tarcísio recebe um cruzamento, cabeceia para o chão e a bola bate no gramado, enganando o goleiro Michel Alves. É a reação do Dinossauro, empatando o jogo com o Belo.

No segundo tempo foi a vez do Sousa repetir a pressão inicial que o Botafogo havia conseguido na primeira etapa. Após a bola bater na mão do lateral-esquerdo Zeca e o assistente marcar pênalti, Manú cobrou e virou o jogo para os donos da casa. Marcinho ainda tentou empatar, mas no melhor lance, a bola passou na lateral da trave do goleiro sousense.

O sacramento da vitória do Dinossauro veio aos 20 minutos, com um chute forte do estreante Giancarlo. Ele viu o ângulo aberto e acertou exatamente no gol de Michel Alves, sem nenhuma chance de defesa.

A partir daí o jogo ficou morno, com algumas chances para ambos os lados, mas nenhuma que fosse concretizada.

Relacionadas