domingo, 18 de fevereiro de 2018
Futebol
Compartilhar:

Após eliminação na Série D, Campinense já dispensou técnico e 6 jogadores

Franco Ferreira / 25 de agosto de 2016
Foto: Antonio Ronaldo/Arquivo
Dispensado para procurar clube. Esta é a situação do treinador Paulo Moroni depois de fracassar no comando técnico do Campinense, nas disputas da Série D do Campeonato Brasileiro. O desligamento de Paulo Moroni foi confirmado ontem à tarde pelo gerente de futebol da Raposa, Luciano Mancha.

O treinador Paulo Moroni comandou o Campinense em oito partidas, com cinco vitórias, um empate e duas derrotas. Na sua estreia, rubro-negro perdeu para o Fluminense-BA (2 x 1). Depois foram quatro vitórias seguidas contra o próprio Flu de Feira (3 x 1),  Sergipe (1 x 0), Murici-AL (1 x 0) e Globo-RN, por 1 a 0. Veio o único empate diante do Globo (0 x 0), no jogo de volta da segunda fase. Nas quartas, o time venceu o Itabaiana-SE por 2 a 0 no jogo de ida, mas foi eliminado no jogo de volta nos pênaltis, após perder pelo mesmo placar da primeira partida.

Além do treinador Paulo Moroni, outros seis jogadores deixaram o Renatão: o goleiro Gledson, os laterais Felipe Ramon e Danilo, os volantes Negretti e Magno, além do meia Jussimar. A diretoria ainda tenta negociar com outros jogadores que têm contrato até o final da temporada.

Entre os jogadores que já deixaram o clube quatro foram emprestados: Gledson, Magno, Negretti e Felipe Ramon. Eles voltam no mês de novembro, quando serão iniciados os preparativos para a próxima temporada.

Relacionadas