terça, 21 de novembro de 2017
Esportes
Compartilhar:

Dúvidas no Belo: treinador ainda não tem o time titular para domingo

Franco Ferreira / 10 de julho de 2015
Foto: Rafael Passos
Faltando apenas um treino para encerrar os preparativos da semana, o treinador Roberto Fonseca ainda não sabe qualquer a formação oficial do Botafogo, para o jogo de amanhã à noite, contra o Vila Nova-GO. Nos dois coletivos da semana ele utilizou duas escalações diferentes e deixou para tirar as conclusões, no último treino que acontece hoje de manhã, na Maravilha do Contorno.

As dúvidas de Fonseca residem no meio campo. Ele não decidiu se escala Guto ou Nata, como terceiro volante. Outra incerteza que prevalece com relação ao setor está relacionado com a posição do camisa dez, que vai ocupar a vaga deixada por Doda, que está no departamento médico. O treinador testou no início da semana colocou Samuel, mas no treino de ontem, o ala Airton entrou para fazer a função de meia.

“O professor Roberto Fonseca sempre pede para que os volantes cheguem como homem surpresa e tenho aproveitado esta liberdade. Caso eu tenha nova oportunidade vou lutar para ajudar os meus companheiros”, disse Nata, acrescentando que o será mais um jogo complicado, este, contra o time goiano.

Enquanto o treinador Roberto Fonseca ‘quebra a cabeça’ para escalar o time, principalmente, no setor do meio campo, o zagueiro Fabrício, que faz parte do elenco botafoguense, passa informações sobre o Vila Nova-GO, pois ele atuou muito tempo no futebol goiano. “O Vila tem a torcida mais fanática de Goiás. Como o time joga no estádio Oba, o torcedor fica muito próximo dos jogadores, fazendo uma grande pressão contra os visitantes”, disse Fabrício.

Outra preocupação dos paraibanos é no tocante as jogadas ofensivas, comandadas pelo atacante Frontini, que defendeu o Botafogo, no ano passado e agora lidera a linha de frente do Vila. O goleiro Edson conhece bem o ex-companheiro e alerta toda defensiva do Botafogo, para neutralizar as investidas do camisa nove.

Relacionadas