quinta, 19 de julho de 2018
Esportes
Compartilhar:

Douglas Santos é homenageado em João Pessoa

Raniery Soares / 30 de agosto de 2016
Foto: Rafael Passos
As comemorações pela conquista da inédita medalha de ouro olímpica, tanto para o futebol como para a Paraíba, ainda não terminaram. Ontem, o paraibano Douglas Santos recebeu a Comenda de Mérito Esportivo, honraria ofertada pelo Governo do Estado para paraibanos que ocupam posições de destaque no cenário esportivo nacional. O lateral-esquerdo, hoje atuando no Atlético-MG, recebeu alguns dias de folga e veio comemorar junto com a família, o título de campeão conquistado nas Olimpíadas Rio 2016.

Após Mazinho, em 1988 e Hulk, em 2012, que subiram ao pódio com medalhas de prata, Douglas superou o feito dos conterrâneos, colecionando uma excelente atuação com a camisa verde-amarela.

“Falta mais apoio na PB”

Para os que não conheciam Douglas Santos, uma pergunta foi muito recorrente: onde você jogou no futebol da Paraíba? E assim como outros nomes do nosso esporte, o garoto alavancou a sua carreira vestindo a camisa do Náutico, em Pernambuco. Na sua terra, Douglas teve um grande destaque jogando futsal, o que não aconteceu no futebol.

Perguntado se esta ausência no seu currículo foi falta de oportunidade, ele prefere dizer que foi falta de apoio.

“Eu não digo falta de oportunidade, mas falta de mais apoio. Se alguém der um apoio maior ao atleta na Paraíba, sairão vários jogadores bons daqui. Conheço muitos jogadores que não deram certo aqui, mas que saíram e hoje se destacam no Brasil e no exterior. Tudo na vida são ações de Deus e se comigo foi assim é porque não poderia ser diferente”, comentou.

Futuro ainda é incerto

Douglas é um homem com os pés no chão. Afirma que se preocupa apenas com a sua vida dentro de campo e que tudo que ocorre fora, ele deixa nas mãos dos seus empresários. O lateral garantiu que está concentrado na briga pelo título do Brasileirão e que se existe alguma negociação para trocar o Brasil pelo futebol estrangeiro, é algo que ele só começará a tratar quando a proposta for concreta.

“O meu foco é na conquista do título brasileiro. Deixo bem claro para os meus empresários que eu trabalho dentro de campo e eles fora. Como geralmente as especulações não tem nada certo, prefiro não comentar quando elas aparecem”, contou.

Relacionadas