segunda, 18 de junho de 2018
Economia
Compartilhar:

Procon constata redução nos preços de combustíveis em Campina Grande

Assessoria / 25 de julho de 2016
Foto: Arquivo
A mais recente pesquisa de preços de combustíveis, realizada pelo Procon de Campina Grande, revelou uma boa notícia para os clientes dos postos de abastecimento da cidade. Comparado com o mês de junho, todos os combustíveis vendidos nos 52 postos participantes da amostra obtiveram redução em seu preço médio. A pesquisa do Procon Municipal considerou os cinco combustíveis mais utilizados na cidade: gasolina comum, gasolina aditivada, etanol, diesel e diesel S10.

Conforme a pesquisa, o preço médio do etanol foi o que obteve a maior redução passando de R$ 3,160 para R$ 3,147 (redução de 0,41%). Já a gasolina aditivada obteve uma redução de 0,26%, isso porque em junho custava R$ 3,892 e neste mês de julho passou a custar R$ 3,882. Por sua vez a gasolina comum obteve redução média de 0,16% com preço caindo de R$ 3,836 para R$ 3,830.

O óleo diesel obteve redução em seu preço médio de 0,23%, ou seja, o preço médio do litro deste combustível em junho era de R$ 3,054 e agora em julho custa R$ 3,047. O diesel S10 obteve a menor redução com 0,03%, o preço médio era de R$ 3,152 e baixou para R$ 3,151.

Ainda de acordo com a pesquisa do Procon, o etanol está sendo vendido por valores entre R$ 2,99 e R$ 3,39. A gasolina aditivada está com preços que variam de R$ 3,76 a R$ 3,99, revelando uma economia de R$ 0,23 para o consumidor que abastecer no estabelecimento que pratica o preço mais em conta. Já a gasolina comum tem preços entre R$ 3,76 e R$3,89. Para abastecer com diesel o consumidor encontrará valores de R$ 2,95 e R$ 3,15. Para o diesel S10 os valores desse combustível estão variando entre R$ 3,039 e R$ 3,25.

A Coordenação Executiva do Procon alerta que, mesmo o etanol apresentando preço mais em conta, ainda não é vantajoso abastecer o veículo com esse tipo de combustível. “Nos 52 postos pesquisados, ainda não é vantajoso abastecer com etanol. O consumidor deve escolher entre a gasolina comum e a aditivada. Através da pesquisa ele poderá economizar mais. São centavos que, ao final, fazem toda a diferença”, informou o coordenador do Procon Municipal, Paulo Porto.

A análise dos dados e a tabela completa com endereços e nomes dos estabelecimentos estão disponíveis para o consumidor campinense na plataforma online do Procon Municipal proconcg.com.br.

Relacionadas