sábado, 17 de fevereiro de 2018
Economia
Compartilhar:

Período junino para ter renda extra aquece o comércio de produtos customizados

Redação / 31 de Maio de 2016
Foto: Divulgação
O período junino está chegando e na cidade onde é realizado o Maior São João do Mundo os campinenses se preparam para mais um ano de tradição do principal evento local. Muitos comerciantes aproveitam a época do ano para lucrar, a partir da venda ou aluguéis de itens juninos: roupas, calçados, acessórios e peças de decoração.

Em algumas lojas já é possível sentir o clima da festa incorporado para atrair mais clientes. Com os eventos decorrentes na cidade, visando a comemoração do São João, muitos produtos são solicitados, o que faz a economia local expandir consideravelmente.

Empresários de grande, médio e pequeno porte produzem peças customizadas e renovam seus estoques para todo o mês de junho.

Foi assim que fez a comerciante Célia Oliveira, que desde 2005 aluga peças características para a época, a exemplo dos vestidos e acessórios (chapéus, arranjos e colares, entre outros). As peças são renovadas a cada ano, sempre de acordo com as cores e temas da decoração do espaço do Parque do Povo, segundo dona Célia.

Geralmente os produtos são mais solicitados por pais de estudantes, cujos filhos vão participar de quadrilhas juninas e festas nas escolas da cidade. O investimento com as indumentárias costuma variar, podendo ficar entre R$ 50 até R$ 90.

“É muito gratificante colaborar e produzir peças para realização de uma festa tão bonita! O São João de Campina Grande é nosso orgulho”, afirmou dona Célia. Organizações privadas, públicas e entidades em geral também solicitam os itens para realização de suas confraternizações no período junino.

Festas juninas serão lançadas

Os festejos juninos da Paraíba serão lançados hoje, a partir das 17h, no Centro Turístico de Tambaú, em João Pessoa. O evento será marcado com apresentação de grupos de forró pé de serra, quadrilhas juninas, artesanato e a culinária nordestina, com destaque para as tradicionais comidas de milho (pamonha, canjica, mugunzá), bem como queijo assado, arroz doce, queijo de coalho assado na brasa, pé de moleque, doces e até maçã do amor, tudo isso regada à cachaça produzida no Brejo.

Durante o evento, os municípios estarão apresentando a sua programação junina e os seus principais atrativos e roteiros turísticos.

Público

Prefeitura tem ampliado as atrações para atriar mais turistas na cidade.

Leia Mais

Relacionadas