quarta, 21 de fevereiro de 2018
Economia
Compartilhar:

Nordeste é 2º no pedido de delivery

Érico Fabres / 08 de julho de 2016
Foto: Divulgação
Pedir comida em casa ou no trabalho já é comum para os brasileiros. É o que mostra uma pesquisa realizada pelo iFood, plataforma líder de delivery online de comida no País, que identificou os hábitos e o perfil deste público. A pesquisa destaca uma regularidade do consumo por parte dos brasileiros. Entre os entrevistados, 56% consomem semanalmente, sendo que destes, 14% realizam pedidos mais de duas vezes, 18% em média duas vezes e os outros 24% realizam um pedido semanalmente.

A violência, o trânsito, a falta de locais para estacionar e a comodidade de casa estimulam o delivery, tanto que a noite são os horários preferidos dos pedidos: jantar no final de semana (67%), jantares durante a semana (46%) e o almoço aos sábados e domingos (20%).

O levantamento foi encomendado junto ao IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), que entrevistou mais de 1.800 pessoas em diversas cidades do Brasil. Este é o primeiro levantamento aprofundado sobre o segmento realizado no país. “É muito importante conhecer de forma detalhada toda a cadeia de consumo, saber quem é o usuário e os hábitos dele, identificar como eles agem, pois pode ser o diferencial em um mercado tão competitivo”, avalia Felipe Fioravante, CEO do iFood.

O uso da tecnologia no momento das solicitações está maior. Os aplicativos para smarthphones e a internet representam 38% dos pedidos, enquanto o telefone representa 62%. Os homens mais solicitam (54%) e a classe B é a que mais consome.

delivery

Relacionadas