quinta, 20 de julho de 2017
Economia
Compartilhar:

Crise causa boom de pequenos negócios e Paraíba fica fora da nova ordem nacional

Érico Fabres / 09 de agosto de 2015
Foto: Assuero Lima
Em um momento em que a economia brasileira passa por um período jamais vivido, com juros altos no cartão de crédito e cheque especial, alimentos com preços elevados em função da estiagem, salários defasados e demissões virando cada vez mais rotina, muitos se resignam diante das dificuldades, outros veem a situação como um trampolim para alcançar o topo.

De acordo com o Sebrae, em junho de 2015, existiam mais de 116 mil empresas optantes do Simples na Paraíba, sendo destas, mais de 11 mil erguidas neste ano, muitas delas, por pessoas que sentiram na pele o momento vivido, sofrendo com a falta de emprego ou desligamentos.

"É também nesse momento de crise internacional, onde há diminuição de oferta de empregos formais, que surgem novos empreendedores, muitas vezes pela necessidade, mas em grande parte por perceber oportunidades para ampliar ou começar novos negócios, com empreendedorismo", disse Nelijane Ricarte, analista técnica do Sebrae-PB.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba

Relacionadas