quarta, 26 de setembro de 2018
Economia
Compartilhar:

Compra coletiva para baratear os produtos e reduzir os custos

Ellyka Akemy / 04 de agosto de 2016
Foto: Divulgação
A Associação Brasileira de Bares, Restaurantes e Similares - seccional Paraíba (Abrasel-PB) lançou anteontem a Central de Compras Abrasel. A ferramenta vai permitir que os associados da entidade comprem produtos coletivamente, com cotações que reduzirão o preço real dos insumos.

O presidente da Abrasel-PB, Paulo Amaral, ressaltou que a recessão obrigou aos diversos setores da economia nacional a encontrar meios de diminuir os custos da produção. “Com a crise, tornou-se impossível repassar o aumento dos custos reais [energia, impostos, salários dos funcionários...] aos clientes, porque eles também perderam o poder de compra com a inflação. Se nós aumentássemos os preços para repor as perdas, seria um tiro no pé”, explicou.

Segundo Amaral, a maioria dos associados já utiliza uma plataforma eletrônica que apresenta a melhor cotação dos preços dos produtos. Mas, com a Central de Compras Abrasel, os associados terão um poder de aquisição melhor, já que a quantidade de mercadoria comprada a um único fornecedor vai aumentar consideravelmente.

No lançamento da plataforma, 12 associados estavam integrados ao sistema.  No entanto, a expectativa da Abrasel-PB é de que outros 30 afiliados adiram à ferramenta nos próximos meses.

Amaral disse que ainda não é possível calcular o quanto essa ferramenta irá impactar na redução dos preços ao consumidor. “Sabemos que haverá uma redução dos custos da produção, mas não sabemos se isso garantirá a estabilidade ou até mesmo a redução do preço no cardápio, ou ainda se vai inviabilizar o aumento nos próximos meses”, explicou.

Relacionadas