domingo, 20 de agosto de 2017
Teatro
Compartilhar:

Espetáculo ‘Playlist’ vai ser apresentado hoje em João Pessoa

André Luiz Maia / 14 de julho de 2015
Entrar em um palco sem saber como será o espetáculo. Assistir a uma peça na qual você é um dos coautores. Em Playlist, espetáculo dos mineiros do Movasse – Coletivo de Criação em Dança – apresentado hoje no Teatro do Sesi, em João Pessoa, tanto bailarinos quanto plateia não sabem o que irão encontrar. O trabalho de experimentação coreográfica pode ser conferido em sessão gratuita a partir das 20h. Em Campina Grande, o espetáculo chega na sexta-feira, no mesmo horário, no Sesc Centro da cidade.

Dentro dos 45 minutos programados para a cena, a improvisação dita o ritmo do espetáculo. Para não dizer que não há nenhuma predefinição, o grupo formula oito playlists musicais, que poderão ser escolhidas pelo público. “Mas, para não virar apenas um exercício de dança, a gente criou alguns temas e conceitos que nos dão uma linha-guia. Depois que o público escolhe, a gente cria com os elementos presentes na cena, na plateia e no próprio teatro”, explica o paraibano Carlos Arão, um dos integrantes do Movasse.

Em cena com Andréa Anhaia, Ester França e Fábio Dornas, tudo pode ser mexido, alterado e sugerido pelo público, no desafio da interação entre criador e espectador. “Para cada cena, há espaço para improvisação. Isso faz com que o espetáculo apresentado hoje não seja o mesmo que será apresentado em Campina Grande, que não será o mesmo apresentado em outros lugares”, completa Arão. A direção artística é de Sônia Mota.

A necessidade do grupo, em seu surgimento, era a criação livre. “Nós quatro já trabalhávamos juntos em alguns projetos, mas senti a necessidade de fazer um trabalho mais horizontalizado, sem hierarquias, no qual os quatro tivessem o mesmo poder de decisão e de criação”, pontua o bailarino.

O Movasse trabalha com a dança contemporânea e, além dos espetáculos, também se propõe como um espaço de discussão e reflexão sobre a dança, promovendo debates e pesquisas, a exemplo da oficina “Colaboração para a criação”.

“Nós preparamos o corpo do bailarino para a criação colaborativa. Utilizando alguns jogos e exercícios para estimular o movimento autoral de cada bailarino, respeitando as características do corpo de todas as pessoas, que acreditamos ser bailarinos em potencial”. A oficina foi realizada em João Pessoa no fim de semana e chega a Campina sábado, das 9h às 12h e das 15h às 17h, no Sesc Centro.

PLAYLIST. Hoje, às 20h. No Teatro do Sesi (R. Rodrigues Chaves, 90, Centro – 3533.5585). Entrada franca.

Relacionadas