sábado, 17 de fevereiro de 2018
Cultura
Compartilhar:

Situação de semiárido é discutida em novo livro

André Luiz Maia / 24 de Maio de 2016
Foto: Divulgação
Um ensaio multidisciplinar sobre a situação do semiárido brasileiro. É assim que Otávio Sitônio Pinto resume sua mais nova obra, Dom Sertão, Dona Seca, lançado hoje em João Pessoa, em uma parceria entre a Patmos Editora, a Academia Paraibana de Letras, o Instituto Histórico e Geográfico Paraibano, a Associação Paraibana de Imprensa e a Energisa. O livro será apresentado pelo pecuarista Manoel Dantas Vilar.

No livro, Sitônio analisa a situação do interior nordestino sob o prisma de diversas ciências. Sua leitura leva a descoberta de conclusões inéditas sobre a região, buscando desmistificar preconceitos.

A própria seca é tratada aqui como um equívoco, em sua opinião, resultante da insistência do homem em tentar aproveitar economicamente o Semiárido por meio de culturas incompatíveis com a região, que dependem basicamente de água. O autor defende uma mudança de pensamento em relação à agricultura na região.

Capa-_-DomSertao

“Dom sertão, dona seca”

De Otávio Sitônio Pinto

Editora: Patmos, 482 páginas, R$ 55

Lançamento hoje, às 19h.

Na Sala Vladimir Carvalho (Av. Juarez Távora, 243, Torre – 3221.6343 / 3221.4985).

Entrada franca.

Relacionadas