terça, 25 de setembro de 2018
Show
Compartilhar:

Grupo Syntagma procura relacionar música europeia e nordestina

André Luiz Maia / 04 de junho de 2016
Foto: Divulgação
Um dos grupos instrumentais mais antigos em atividade no Ceará, o Syntagma, fará uma performance hoje em Sousa, dentro do projeto Syntagma – Solos Nordestinos, no Centro Cultural Banco do Nordeste.

O Syntagma surgiu em Fortaleza há 30 anos com a proposta de fazer um resgate da música antiga européia (medieval, renascentista e barroca) e mostrar sua ligação com o cancioneiro popular nordestino, a exemplo de canções clássicas de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira.

O Syntagma possui dois CDs gravados, Syntagma (1997) e Miracula (2005), e prepara repertório para seu terceiro CD. Atualmente, o grupo é formado pelo naipe de flautas composto por Heriberto Porto, Luciana Gifoni, Marcos Paulo Leão, Robson Lima e Solange Gomes, o violão de Alisson Félix , a viola de gamba de Jorge Santa Rosa, a percussão de Marcelo Holanda e o cravo de Verônica Lapa.

Para este show, eles receberão como convidado especial o flautista David Castelo. Professor da Universidade Federal de Goiás e doutorando pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), David graduou-se em flauta doce pela Faculdade Santa Marcelina (SP). No período de 1998 a 2003, estudou no Conservatório Real de Haia, na Holanda, obtendo a mais alta titulação em performance dada a um instrumentista na Europa.

Como solista, destacam-se os trabalhos junto às orquestras brasileiras Armonico Tributo, Orquestra Goyazes, Orquestra Jean Douliez e Orquestra Sinfônica Nacional.

Syntagma

Hoje, às 20h.

No Centro Cultural Banco do Nordeste (R. Coronel José Gomes de Sá, 7, Centro – 3522.2980 – http://www.bnb.gov.br/cultura – http://www.facebook.com.br/ccbnb – http://www.twitter.com/ccbnbsousa).

Entrada franca

Relacionadas