quarta, 21 de fevereiro de 2018
Música
Compartilhar:

Cátia de França esperou até ver ‘Hóspede da Natureza’ ficar do jeito que ela queria

André Luiz Maia / 12 de julho de 2016
Foto: Divulgação
Para Cátia de França, apresentar o disco Hóspede da Natureza como seu novo trabalho carrega um quê de anacronismo. Embora ele tenha finalmente sido finalizado e completado agora, a maior parte de suas composições já havia surgido há aproximadamente uma década. É também seu primeiro disco desde 2012, quando lançou No Bagaço da Cana com a Camerata Arte Mulher.

Disponível com exclusividade e gratuitamente pela plataforma do site Natura Musical a partir da próxima quinta, o CORREIO já teve acesso a esse novo trabalho, que conta com 14 faixas autorais. O disco estará disponível na próxima semana em todas as plataformas digitais, a exemplo de Spotify, Deezer e iTunes, e a versão física estará à venda inicialmente nos locais de show – ela se apresenta em João Pessoa no próximo dia 22, no Espaço Cultural – ao preço de R$ 20.

Como a faixa-título – já disponível no site do Natura Musical – aponta, as canções giram em torno da relação entre o homem e a natureza. A letra de “Hóspede da natureza” é extraída de passagens do livro Walden ou A Vida nos Bosques, espécie de autobiografia do escritor Henry D. Thoreau.

“Esse livro fala de um cara bem-sucedido e urbano que abandona tudo para viver no campo. Ele construiu a própria casa e plantava e colhia tudo o que comia. Quem tem esse discurso hoje em dia é o Elomar”, conta, se referindo ao cantor e compositor baiano.

De certa maneira, essa história também se assemelha à própria trajetória de Cátia de França. Há uma década, ela se mudou para Nova Friburgo, pequena cidade localizada na região serrana do Rio de Janeiro, um local mais isolado da correria das grandes metrópoles. “Aqui sinal de celular praticamente não pegava quando eu cheguei”, conta a cantora e compositora. Foi a partir dessa vivência mais intensa com o campo que surgiram as primeiras canções.

No CD, é possível atestar a versatilidade musical de Cátia que, desde pequena, transitava entre as canções radiofônicas, as cantigas populares e o estudo do piano utilizando como referências grandes nomes do jazz e do blues. Em Hóspede da Natureza, há a música-título, que remete ao canto de trovador e de bardo de Bob Dylan e Zé Ramalho, reggae (“Geração”), blues (“Evidências”), bumba-meu-boi (“Debaixo da tamarineira / Ô Mateu”) e um rock agalopado (“Minha vida é uma rede”, também possível de ser ouvida online no Soundcloud).

“Hóspede da natureza”

De Cátia de França

Gravadora: Natura

Musical.

Gratuito a partir de quinta em http://www.naturamusical.com.br.

Show de lançamento, dia 22, às 20h. Na Sala José Siqueira (Espaço Cultural, R. Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho – https://www.facebook.com/funescgovpb)

R$ 25 (inteira) e R$ 12,50 (meia), à venda pela internet (https://www.sympla.com.br).

Leia Mais

Relacionadas