domingo, 19 de novembro de 2017
Cinema
Compartilhar:

O menino e o mundo abre mostra de cinema infantil do Sesc

Renata Escarião / 04 de abril de 2016
Foto: Divulgação
Sofrendo com a falta do pai, um menino deixa sua aldeia e descobre um mundo fantástico dominado por máquinas-bichos e estranhos seres. Este é o mote da animação que retrata as questões do mundo moderno através do olhar de uma criança.  “O Menino e o Mundo”, filme que representou o Brasil no Oscar deste ano, dirigido por Alê Abreu, é a atração de abertura da série de oito filmes que estarão em cartaz no SESC Centro João Pessoa, de amanhã (05) até sexta-feira (08), com exibições gratuitas às 9h e 15h.

Serão exibidos ainda: ‘O Menino da Floresta’, ‘O Segredo de Eleanor’, ‘Zarafa’, ‘Contos da Noite’, ‘Meu Amigo Tororo’, ‘As Férias do Pequeno Nicolau’ e ‘Nausicaa do Vale do Vento’.

Lançado em 2014, o filme brasileiro que concorreu na categoria de melhor animação do ano destaca a história de um garoto que vive em uma cidade isolada e certo dia se lança ao mundo para a missão de procurar seu pai. Usando a fantasia e a inocência, o filme aborda os problemas que afetam o planeta hoje, como a globalização, a crise econômica e a perda de valores.

Em um cenário onde os avanços tecnológicos trazem animações cada dia mais realistas, o diretor Alê Abreu faz todo isso em 2D e sem nenhuma palavra falada durante as 1h20 minutos de filme, o que causou surpresa quando a animação foi lançada. Conta com as participações especiais de Emicida, Naná Vasconcelos, Barbatuques e GEM- Grupo Experimental de Música. Em 2014, ‘O Menino e o Mundo’ recebeu o Crystal Awards – prêmio máximo no mais importante festival de animação do mundo, o Festival de Annecy, na França.

8 Filmes para a criançada

Na filmografia do animador e diretor estão ainda: ‘Sirius’ (1993); ‘Espantalho’ (1998), vencedor de 12 prêmios; ‘Garoto Cósmico’ (2007), seu primeiro longa-metragem com o qual estreou no AnimaMundi; ‘Passo’ (2007) e ‘Vivi Viravento’ (2009).  Realizou ainda importantes trabalhos para publicidade e várias ilustrações para revistas e livros como, por exemplo, para ‘As cocadas’, de Cora Coralina, e ‘O menino que espiava prá dentro’, de Ana Maria Machado. É membro-fundador da Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB) e membro da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA).

Para escolas, ONGs ou comunidades que queiram organizar grupos de crianças para assistirem às sessões, as inscrições estão abertas no setor de cultura da instituição, que fica localizado à Rua Desembargador Souto Maior, 281, Centro, João Pessoa. Mais informações pelo telefone: 3208-3100 / 3208-3158.


Relacionadas