sexta, 28 de julho de 2017
Cinema
Compartilhar:

Diretor do filme “O fim e os Meios” conversa com o Correio em Gramado

Nice Almeida / 10 de agosto de 2015
Foto: Reprodução vídeo
O 43º Festival de Cinema de Gramado abriu, nesta segunda-feira (10), a Mostra Especial de Longas Gaúchos, que complementa a programação paralela. O diretor do filme "O fim e os Meios", Murilo Salles, esteve no evento onde exibiu o seu longa-metragem, que traz para a pauta questões políticas e cinematográficas e tem como cenário Brasília, a capital do país.

O Jornal Correio também está no evento e o jornalista Renato Félix conversou com Murilo. O cineasta falou sobre a história do filme e das relações de poder existentes nas relações humanas que figuram na trama.

"É um filme muito querido que saiu das minhas inquietações com o Brasil, mas ele olha o Brasil por meio de personagens. É um casal que se forma fortuitamente. Ela engravida e quer ter o filho, mas ele não quer. No meio da discussão a bolsa rompe e acaba nascendo a criança que une o casal. Os dois, então, vão para Brasília e a partir daí o filme olha para as pessoas. Ele tenta entender nossas qualidade e fraquezas", falou.


https://youtu.be/4-EYD5ONQ7A

 

Relacionadas