sábado, 18 de novembro de 2017
Cinema
Compartilhar:

Curta Coremas consagra ‘Malha’ e ‘O Segredo da Família Urso’

André Luiz Maia / 04 de agosto de 2015
Foto: Sara Andrade/Divulgação
Encerrada mais uma etapa. O Curta Coremas anunciou domingo os premiados deste ano. A cerimônia, realizada no auditório do Colégio Santa Rita, consagrou o curta-metragem Malha, de Paulo Roberto, que levou quatro prêmios na Mostra Mãe D’água, para filmes paraibanos. Além disso, filmes como Contínuo, de Odécio Antônio, e Metade, de Carlos Mosca, também receberam destaque.

Malha é um documentário que relata uma prática tradicional do município de Nazarezinho, no Sertão, da Malhação de Judas. Com olhar próximo – já que Paulo é natural da cidade e conhece a tradição desde pequeno –, o curta consegue transmitir a bestialidade e a beleza de uma tradição nordestina, que aqui ganha contornos peculiares, já que os “malhadores” saem pela cidade e arredores mascarados conclamando a população para participar da cerimônia.

Na Mostra Panorama Brasil, o destaque foi O Segredo da Família Urso, de Cíntia Domit Bittar, vencedor nas categorias Direção de arte, Filme de ficção e Filme pelo júri popular.

A participação da população local é o principal objetivo do festival, de acordo com o diretor geral Kennel Rógis. “Buscamos nos aproximar das escolas, a interação das crianças, que participam do júri popular. Democratizar e dar vez e voz para as pessoas através do cinema, realizando essa interação com a cidade, esse é o nosso lema”, pontua.

Relacionadas