domingo, 18 de fevereiro de 2018
Artes
Compartilhar:

Entre mulheres e azulejos: Natália Nome abre mostra no Espaço Mundo

André Luiz Maia / 09 de junho de 2016
Foto: Divulgação
Duas exposições ficarão abertas à visitação a partir de hoje em João Pessoa. Na Galeria de Arte Archidy Picado, do Espaço Cultural, o artista visual Luiz Barroso apresenta Invisível Presença, composta por signos desenhados que remetem aos padrões de azulejos da cerâmica portuguesa. Já a potiguar Natália Nome mostra Intimidade Cotidiana, uma série de pinturas com figuras femininas em diversas situações, no Centro Cultural Espaço Mundo, localizado no Centro Histórico de João Pessoa.

A primeira fica em cartaz até o dia 22 de julho, com visitação de segunda a domingo, das 8h às 18h, enquanto a de Natália segue até 1 de julho, de segunda a sexta, das 11h às 15h, e nas sextas e sábado, das 20h às 2h.

Foi nos desenhos feitos em folhas do caderno do colégio com caneta esferográfica que Luiz Barroso, ainda criança, descobriu sua vocação enquanto artista e de que maneira mais gostava de se expressar através da arte. Ao longo dos anos, aprimorou sua técnica, mas não abandonou o desenho com caneta, agora sobre cartão, segundo ele, mais um recurso que lhe dá possibilidade de explorar possibilidades gráficas e estéticas pouco convencionais.

Na exposição, o público poderá ver uma série de desenhos que têm como característica comum a repetição de traços e formas, todas extraídas do imaginário de Barroso. Os padrões remetem à azulejaria portuguesa de tradição barroca, mas também dialogam com a arte urbana do grafite, em uma composição plástica que enlaça passado e presente, prospectando a estética do futuro possível.

Já Natália apresenta uma arte de cunho figurativo. São sete pinturas, retratando mulheres com inspiração em seus prazeres e indagações. Elas foram produzidas em um período que compreende os anos de 2013, 2014, 2015 e 2016, que expõem de maneira artística a intimidade das personagens apresentadas em seus quadros. A estilística segue os cânones das escolas fauvista e realista, com pinceladas espontâneas e coloridas.

Natália Nome é arquiteta pela UFRN e mestre em Design da UFPE. Iniciou suas atividades de Pintura no Ateliê de Artes do antigo Centro Federal de Ensino Técnico, no Rio Grande do Norte, aos 14 anos e participou de suas primeiras exposições. Radicada na Paraíba desde 2012, retoma o trabalho de pintura, participando de duas edições do Salão de Artes Visuais da Paraíba promovido pelo Sesc-PB.

‘Invisível presença'

De Luiz Barroso

Abertura hoje, às 19h. Na Galeria de Arte Archidy Picado (Espaço Cultural, R. Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho, JP)

Visitação diária das 8h às 18h, até 22/07

Entrada franca

‘Intimidade cotidiana’

De Natália Nome

Abertura hoje, às 20h. No Espaço Mundo (Pça. Antenor Navarro, 53, Varadouro, JP – 3021.8298)

Visitação de seg. a qui., das 11h às 15h, sáb., das 20h às 2h., sex. nos dois horários

Entrada franca

Relacionadas