terça, 12 de dezembro de 2017

Pessoa Júnior
Compartilhar:

Tudo como antes

11 de novembro de 2017
A Federação Paraibana de Futebol divulgou a tabela do Campeonato Paraibano do próximo ano, mas sem os locais dos jogos, para não ficar diferente do que aconteceu no ano passado. Tudo errado como antes e pelo mesmo problema: os campos não atendem as exigências do Estatuto do Torcedor.

No ano passado quando aconteceu o mesmo dilema para divulgar a tabela, alertamos que o fato se repetiria para o Campeonato Paraibano de 2018. Não deu outra. Os campos não atendem o Estatuto do Torcedor e a FPF que tem prazo para divulgar a tabela, decidiu apresentar para os clubes e para a imprensa, sem os locais e no último minuto do tempo que tinha a sua disposição.

O futebol da Paraíba é uma brincadeira de mau gosto mesmo. O tempo passa, mas nesse segmento as mudanças são mínimas e o amadorismo não deixa de existir. É de fazer pena mesmo, quando a Paraíba é comparada aos Estados vizinhos. Sempre sai no prejuízo, pois profissionalismo que é bom não existe. Com isso as falhas continuam sempre em evidência.

O pior de tudo é que a FPF tinha conhecimento da situação dos campos, mas fez o maior mistério para divulgar uma tabela chamada de básica. Sinceramente, isso tem que acabar gente, pois o torcedor está cansado de tanta desorganização. Continuam brincando de fazer futebol na Paraíba, o que é lamentável. Com isso o torcedor paga caro para assistir pobres espetáculos. Ainda bem que o calendário ficou mais curto, o que ameniza a dor.

Futsal em alta

Na etapa João Pessoa dos Jogos das Escolas Estaduais o futsal tem mostrado um bom nível. A rodada de ontem, no ginásio do Centro de Educação da PM, a garotada mostrou qualidade e atraiu um bom público, A rodada definiu a fase semifinal que acontece na segunda-feira.

Positivo

O paraibano radicado no Rio de Janeiro, Samuel Igo, está na reta final do circuito latino americano que acontece em praias geralmente de ondas perfeitas a exemplo da que esse fim de semana decide a temporada. Na condição de vice-líder após segundo lugar na etapa anterior, Samuel é apontado como sério candidato ao titulo de 2017 que se prevê ser decidido a partir de hoje no Peru.

Negativo

Agora vai começar a corrida dos times que não querem perder mando de campo no Campeonato Paraibano do próximo ano. O Ministério Público promete agir com rigor mais uma vez e só vai liberar o campo que atender a maioria das exigências do Estatuto do Torcedor. O pior é que tem clube sabendo que vai ter que jogar longe da sua torcida, por falta de campo. É a realidade do nosso pobre futebol.

Na Taça Brasil

O time da Apcef-PB, comandado pelo professor Paulo Mendonça, entra na reta final dos preparativos para a Taça Brasil de Futsal Sub-11, que acontece de 21 a 25 deste mês, em João Pessoa. A diretoria da Apcef-PB, representada pelo presidente Carlos Espínola, está dando total apoio ao trabalho.

No Foco

O professor Jorge Carvalho, que tem relevantes serviços prestados ao voleibol paraibano, será um dos homenageados no Prêmio Melhor do Esporte, no mês de dezembro, no Cabo Branco. Ele merece.

O árbitro Ivan Fernandes (D) chega aos seus 68 anos com 48 dedicados a arbitragem no futsal. Ontem de manhã, Pitombão como é conhecido carinhosamente, estava em atividade nos Jogos das Escolas Estaduais, trabalhando com Elias Pereira (E) e Cláudia Silva.

Relacionadas