terça, 12 de dezembro de 2017

Sony Lacerda
Compartilhar:

Será que convence?

28 de novembro de 2017
Pensando ou não em 2018 e sobre possibilidade de ser o candidato das oposições ao Governo do Estado, o fato é que o prefeito Luciano Cartaxo vem tentando fazer o dever de casa. Um dos nomes mais fortes, entre os postos até agora nessa corrida, ele sabe que tem nas mãos a maior vitrine da Paraíba: João Pessoa.

O nome é forte sim, se comparado aos que estão na briga - sem desmerecer os demais, claro - e lembrando que esse dever de casa ainda não chegou a nota 10 (opinião minha). Tem habilidade e uma forma mais leve de fazer política, isso é visível, características que têm chamado a atenção de prefeitos do interior.

A tarefa não se resume apenas à habilidade, é preciso ser exímio articulador, o que não estou bem certa. Manter a oposição unida, vish, principalmente PSDB e PMDB, são mais quinhentos meu fi. E esses dois partidos, juntos, farão a diferença. Não sei como se sairão em lados opostos. Sem falar que, hoje, o principal adversário nem é o PSB, ou o governador Ricardo Coutinho ou o pré-candidato João Azevedo. O obstáculo maior de Cartaxo é convencer os paraibanos que seu nome é o ideal para a disputa.

Para isso, que prepare o canhão de ações e atire em miras certeiras. A definição do candidato ou candidatos lançados pela oposição deve sair em janeiro. De uma coisa tenho certeza: seja quem for o candidato, precisará dos apoios do PSDB e do PMDB. Por enquanto, essa matemática ainda não fecha, mas já se encaminha para uma equação desejada.

Diálogo...

O governador Ricardo Coutinho, em entrevista à 98FM, desceu a lenha no conselheiro Fernando Catão. Disse que o respeita por obrigação, mas que também quer ser respeitado. O socialista criticou a decisão do conselheiro de suspender o Empreender-PB. “A decisão não traz uma recomendação sequer”.

Alianças 1

Presidente estadual do PPS e principal articulador do governador Ricardo Coutinho, Nonato Bandeira disse ontem que o PSB já conta com 16 partidos na base. “E a tendência é chegarmos a 18”, prospectou.

Alianças 2

Nonato adiantou que esteve conversando este final de semana com representantes da Rede e até de partidos da oposição. A hora é agora.

Calado

O PDT anda muito calado, apesar do presidente estadual Ciro Gomes, em entrevista recente, contar como certo o apoio do PSB de Ricardo Coutinho, caso Lígia Feliciano decida entrar na disputa. Se demorar demais...

Calada

Todas as vezes em que é questionada sobre o tema, a vice-governadora se limita a responder que trabalha pelo projeto do PSB. E o projeto dela?

Ações conjuntas

O TJPB e Defensoria Pública vão desenvolver ações conjuntas em prol da Conciliação no Estado O primeiro passo para a realização desse trabalho aconteceu ontem durante reunião entre os diretores adjuntos do Nupemec, juízes Antônio Carneiro e Fábio Leandro, e a defensora pública-geral, Madalena Abrantes.

Soldado 1

O deputado-licenciado, hoje secretário, Lindolfo Pires, declarou que nem mala deixa na Pasta. Segundo ele, a qualquer momento pode ser ‘convidado’ a voltar à AL, a sair da Secretaria atual ou migrar para outra.

Soldado 2

Já repetia meu avô Isaías, lá no Aguiar: “Soldado no quartel quer trabalho”. E como bem ressaltou Lindolfo, é justamente o que ele é: um bom soldado.

Em pauta

As sessões das Câmaras Cíveis e Criminal do TJPB acontecem hoje para a apreciação de 314 processos. As reuniões ocorrem no Anexo Administrativo do órgão. A sessão foi adiada para o dia 5 de dezembro.

Só penso...

Sobre a discussão da Lei Orçamentária 2018, é preciso pensar que a situação não está fácil e de cada um precisa dar sua contribuição.

Relacionadas