terça, 12 de dezembro de 2017

Renato Félix
Compartilhar:

Pra que você vê um filme?

25 de outubro de 2017
Se eu perguntar para que você vê um filme, a maioria seguramente vai responder: “Para me divertir”. É uma resposta justa, mas genérica. Quase todo mundo viu A Lista de Schindler (1993) e imagino que – a menos que você seja nazista – não foi para “se divertir”. Se cada um cavar um pouquinho mais dentro de si, pode chegar a uma resposta sobre o que exatamente espera de um filme.

Por exemplo. Uma amiga certa vez me disse que teve vontade de ver determinado filme quando assistiu ao trailer, mas se desinteressou ao ler a sinopse. Ou seja: para ela, é o assunto do filme que interessa a ela, mais até do que as cenas que ela já tinha visto.

Em outra ocasião, um amigo crítico contou que respondeu à célebre pergunta “por que os críticos gostam do que ninguém gosta?” da seguinte maneira: explicou que os críticos assistem a muitos filmes por muitos anos e, por isso, gostam quando são surpreendidos, quando veem algo diferente da média. Pode não ser assim com todos os críticos (comigo, não é), mas é uma teoria que faz sentido.

Certamente não faltam os espectadores que só entram no cinema para ver algo se mexendo na tela com algum ritmo de edição e barulho, o suficiente para manter sua atenção, sem exigir muito esforço. Ou que espera um arroubo emocional. Ou algo que o faça refletir sobre a sociedade. Há vários motivos e nenhum está errado: se o filme der o que você espera, vai sair satisfeito.

Mas é importante compreender que muito da sua experiência depende do que você espera. No meu caso, o que me atrai é a narrativa: a maneira como o filme conta sua história. Pode ser qualquer história: de Branca de Neve e os Sete Anões (1937) a O Exorcista (1973). Já se fez essa pergunta? Pra que você assiste a um filme?

Relacionadas