terça, 12 de dezembro de 2017

Renato Félix
Compartilhar:

Passando batido

02 de agosto de 2017
Bonnie & Clyde – Uma Rajada de Balas (1967) completa 50 anos de sua primeira exibição nesta sexta-feira. Foi no Festival de Montreal, o filme entrou em cartaz nos EUA no dia 13. É um filme importantíssimo para o cinema americano, dando o ponta-pé inicial a toda uma grande fase que ficou conhecida como a "Nova Hollywood", mais autoral, de onde surgiram diretores como Coppola, Scorsese, Spielberg, George Lucas, William Friedkin.

Uma data para ser celebrada com toda a pompa pela Warner, estúdio do filme, não é? Parece que não.

Na Amazon americana não há sinal de nenhuma edição especial em DVD ou blu-ray lançada ou a ser lançada em comemoração à data. Já existem edições em DVD e blu-ray por lá e o filme também está disponível digitalmente. Mas nenhuma edição especial à vista.

Pior é aqui. A Warner brasileira (apelidade de 'Várner' no site de colecionadores Blog do Jotacê, por seus maus serviços prestados no material que lança) nunca lançou uma edição decente do filme. Isso mesmo, nunca.

A única edição disponível oficialmente no Brasil ainda é do começo do mercado de DVD no país, quando a distribuidora lançava tudo em fullscreen, mutilando a imagem (que originalmente é widescreen) para se adequar às TVs 4x3, então a totalidade do mercado. Eram naquela capinha que parecia de papelão e "abotoava" para fechar, lembram?

Alguns dos lançamentos daquela época deram sorte de saírem em edições especiais em DVD, às vezes dupla (Rastros de Ódio, 1956, e Os Eleitos, 1983, são alguns deles). O máximo que Bonnie & Clyde conseguiu foi o lançamento da mesma cópia com imagem mutilada, em capinha de acrílico padrão do mercado.

E só. A Warner no Brasil poderia aproveitar e lançar as edições em DVD duplo e blu-ray widescreen que saíram nos EUA lá pelo final da década passada. Mas parece que o aniversário vai depender dos cinéfilos, mesmo.

Relacionadas