segunda, 19 de fevereiro de 2018

Fábio Cardoso
Compartilhar:

Hotéis lotados

07 de dezembro de 2017
Uma consulta feita pela diretoria da ABIH-PB (Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, seccional Paraíba) aponta que a média de ocupação da rede para o réveillon até o dia 1º de janeiro de 2018 era de 95,6%, dos hotéis associados. De 12 empreendimentos consultados, nove estavam com ocupação 100%. A expectativa é de que toda a rede associada feche 100% até o final da próxima semana. Os dados sobre a ocupação de janeiro do próximo ano já estão sendo levantados e os números são bastante animadores para o setor.

Melhorias da PBGÁS

Diretores da Companhia Paraibana de Gás (PBGás) fizeram uma visita técnica à nova Estação de Redução de Pressão e Medição (ERPM) de São Miguel de Taipu e de Bayeux. A companhia investiu R$ 1,5 milhão na modernização das estações. A nova ERPM dará mais agilidade e autonomia para a equipe técnica da PBGás operar o gasoduto entre João Pessoa e Campina Grande, sem a dependência operacional da Transpetro, responsável até então por esse serviço. Já a ERPM de Bayeux foi reformada e modernizada oferecendo mais confiabilidade e segurança. Essa ERPM é responsável pela regulação da pressão de 70% do gás consumido em João Pessoa.

Pioneiro

O Laboratório Maurílio de Almeida, que tem mais 60 anos de atividades na Paraíba, que tem à frente o médico Fábio Rocha, deu iniciou pioneiramente a dosagem de Metotrexate no sangue, cujos resultados saem no mesmo dia. O exame é de suma importância para quem faz tratamento em oncologia. Poucos estados brasileiros trabalham com esse serviço.

SEHA-JP presta homenagens

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, foi um dos homenageados pelo Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação de João Pessoa (SEHA-JP), em evento de confraternização que será realizado na noite de ontem no Chopp Time. Além do prefeito, receberam homenagens o presidente da Federação do Comércio da Paraíba, Marconi Medeiros, e a Faculdade Internacional da Paraíba (FPB).

Em prol do turismo

De acordo com o presidente da SEHA-JP, Graco Parente, as homenagens são pertinentes tendo em vista o grande avanço no segmento turístico nesse ano, fruto de ações de divulgação e uma série de melhoria da infraestrutura da cidade. “Todos os homenageados tiveram uma grande parcela nesse crescimento, seja na parceria firmada com o sindicato, ou no trabalho diário para o desenvolvimento da cidade”, apontou o executivo.

Caminhão do Quita Fácil

A partir desta segunda-feira, os clientes da Caixa pessoa física e pessoa jurídica com crédito em atraso há mais de 360 dias poderão regularizar suas dívidas no Caminhão do Quita Fácil. O atendimento será realizado até o dia 15, das 9 h até às 16 h, no Ponto Cem Reis, em João Pessoa. “A intenção é manter o cliente ativo e rentável, consumindo outros produtos e serviços oferecidos pela Caixa como conta corrente, poupança, aplicações financeiras, seguros e títulos de capitalização”, disse o superintendente regional da Caixa na Paraíba, Marcus Vinicius Fernandes Neves.

Além do caminhão

Além do Caminhão do Quita Fácil, os interessados em renegociar seus contratos em atraso têm à disposição o site www.negociardividas.caixa.gov.br, o telefone 0800 726 8068 (opção 8) e as agências da Caixa, que também prestarão atendimento aos clientes alvos da campanha. Até 28 de dezembro os clientes podem procurar qualquer um desses meios de atendimento para negociar suas dívidas.

Peixes

Nos últimos anos, a venda de peixes e frutos do mar vem marcando presença na ceia de Natal. Entre os produtos que apresentam o maior índice de crescimento nas lojas do Walmart e do Bompreço, estão o bacalhau dessalgado, frutos do mar e salmão. Esses itens crescem até 20% em dezembro em relação aos demais meses do ano.

Melhorias no porto de Cabedelo

O Porto de Cabedelo vai terminar o ano de 2017 já contando com uma das mais modernas sinalizações náuticas dos portos brasileiros. Isto porque já estão em funcionamento as 17 novas boias sinalizadoras do canal de acesso, que vão permitir a atracação de navios no período noturno, restrição que existia há mais de 10 anos.

Investimento de R$ 2,9 milhões

Com investimento de R$ 2,9 milhões, recursos fruto de convênio com o Governo Federal, as novas boias foram instaladas em cinco meses e vão gerar economia ao Porto por conta da manutenção, que será menor que os antigos equipamentos. As modernas boias são de polietileno rotomoldado com espuma expandida. Elas são mais leves que as boias antigas e contam com um sistema que dificulta que elas afundem. Além disso, o equipamento tem boa resistência a impactos, variações climáticas e incidência de raios solares.

Relacionadas