terça, 12 de dezembro de 2017

Fábio Cardoso
Compartilhar:

Divulgação no Rio de Janeiro

05 de dezembro de 2017
A Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) encerra o ano de 2017 com mais uma rodada de negociações com as principais operadoras de turismo do Brasil e da Argentina. A partir de hoje, as presidentes da PBTur, Ruth Avelino, e da ABIH-PB (Associação dos Hoteleiros, seccional Paraíba), Manuelina Hardman, participam de uma série de reuniões e visitas às empresas que vendem pacotes para a Paraíba no mercado do Rio de Janeiro e Argentina.

Agências e operadoras de turismo

Hoje estão previstas três reuniões com dirigentes das operadoras CVC, New It e Abreu Online. Amanhã, os encontros serão nas operadoras argentinas Infinitas e Journeys. Encerrando a programação de visitas no Rio de Janeiro, as executivas paraibanas têm agendadas reuniões nos escritórios da Freeway, Urbi Et Orbi, Principios Brazil e Tourmend, na quinta-feira. Espera-se um maior fluxo de turistas da região Sudeste e, principalmente, de argentinos, que começam a conhecer a Paraíba após o advento do voo direto regular operado pela Gol desde o dia 1º de julho. Mais de 4 mil argentinos já estiveram aqui.

Fest Verão está chegando

Evento mais aguardado no calendário dos paraibanos e turistas, o Fest Verão Paraíba 2018 chega à 13ª edição trazendo artistas como Anitta, Marília Mendonça, Bell Marques e Gabriel Diniz; Wesley Safadão, Vintage Culture, Saulo Fernandes e Márcia Fellipe, Henrique e Juliano, Léo Santana, Xand Avião e O Rappa. Os show acontecem nos dias 07, 14 e 21 de janeiro, na Arena Fest Verão, em Ponta de Campina. Os ingressos já estão à venda e podem ser comprados em João Pessoa, nas bilheterias da Domus Hall, em Campina Grande, na bilheteria do Spazzio, e online, no site www.bilhetecerto.com.br, e custam entre R$ 50 e R$ 290.

Impresso mais atrativo

Pesquisa realizada junto a 1.040 consumidores do Brasil pela Two Sides, organização sem fins lucrativos com atuação em cinco continentes, mostra que os hábitos de leitura dos brasileiros têm sido influenciados pelo avanço das mídias digitais, mas ainda prevalece, de forma acentuada, a preferência pelas publicações impressas em segmentos como o de livros, revistas e faturas. Segundo a pesquisa, o Brasil está em terceiro lugar no ranking de 10 países pesquisados, com maior adesão à impressão em papel.

Livros em destaque

A enquete, que integra um estudo global da Two Sides na Austrália, Brasil, França. Alemanha, Itália, Nova Zelândia, África do Sul, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos, mostra que 78% dos consumidores brasileiros preferem o livro impresso, e a maioria raramente lê o livro pelo meio eletrônico, devido ao manuseio mais agradável e confortável do impresso para a leitura. Já 61% têm preferência pelas revistas impressas e 55% preferem receber, em papel, as contas de serviços públicos, de internet, telefonia, carnês de impostos e exames médicos, por considerarem que têm valor de documento, a fim de arquivá-los.

Mais profundo

Outros 60% ouvidos pela pesquisa da Two Sides consideram que o jornal impresso proporciona entendimento mais profundo do conteúdo, e 57% afirmam que este meio tem maior credibilidade, em comparação a apenas 27% das mídias sociais, apesar delas terem maior velocidade nas mudanças e atualizações das informações.

Track&Field em Campina Grande

A Track&Field - uma das mais importantes marcas brasileiras de moda esportiva - chega hoje a Campina Grande. “A marca se destaca no mercado esportivo pela alta tecnologia de seus produtos, sempre voltados ao conforto e otimização da performance do esportista”, explica a empresária Bruna Moura, proprietária . Movida a desafios, a empresária Bruna Moura revela que está com ótimas expectativas para a inauguração da nova loja. “A expectativa é muito grande e esperamos tudo de melhor”.

Encontro de jovens

Aconteceu ontem em São Paulo o “1º Fórum Acreditamos nos Jovens”, realizado pelo McDonald’s. O evento trouxe renomados especialistas para debater as dificuldades dos jovens de 16 a 27 anos para entrar no mercado de trabalho. Pesquisa da empresa apontou as principais barreiras que os jovens encontram na hora de procurar emprego: 77% apontam para a falta de uma experiência anterior, 69% para a falta de oportunidades, 68% para a falta de confiança na sua geração e 58% para a dificuldade de transição do ensino médio para o mercado.

Movimento do cartão de crédito

Segundo a Abecs, associação que representa o setor de meios eletrônicos de pagamento, as compras com cartões de crédito e débito voltaram a crescer em ritmo mais acelerado no 3º trimestre do ano. Levantamento da entidade mostra que os brasileiros movimentaram R$ 308 bilhões em transações com cartões no período - um crescimento de 9% em comparação com o 3º trimestre de 2016.

Relacionadas