segunda, 19 de fevereiro de 2018

Pessoa Júnior
Compartilhar:

Antecipou

21 de outubro de 2017
O presidente do Sousa, Aldeone Abrantes, saiu na frente. Preocupado com o calendário cruel que está sendo oferecido pela CBF ele decidiu unir os dirigentes do futebol sertanejo e antecipar uma proposta que possa ser melhor analisada por todos os clubes e encaminhá-la na reunião que está marcada para segunda-feira, na FPF.

Se depender da proposta de Aldeone Abrantes, que já conta com o apoio de outros filiados, o Paraibano será disputado em 16 datas, com os dez times divididos em dois grupos de cinco. O início seria no dia 14 de janeiro e o término 8 de abril. Na proposta também consta que os times cabeças de chaves seriam os dois melhores colocados em 2017, Botafogo e Treze. O restante seria dividido em dois grupos, com a manutenão dos clássicos.

Ainda bem que Aldeone Abrantes lançou essa proposta, que é válida e pode avançar a formatação do Paraibano de 2018. Tudo indica que a reunião de segunda-feira será produtiva, desde que as figurinhas carimbadas não atrapalhem. O calendário do próximo ano será muito exigente e o melhor caminho é realizar uma disputa compacta e inteligente.

A grande preocupação está relacionada aos estádios. A discussão ainda está muito vaga e a maioria dos campos não atende as exigências do Estatuto do Torcedor. Isso com certeza vai gerar problema, como aconteceu este ano. A diferença é que existiam datas e em 2018 o calendário é muito curto. Sendo assim, a FPF precisa focar a situação dos campos para evitar prejuízo.

Escolas Estaduais

O professor José Geraldo, coordenador geral dos Jogos das Escolas Estaduais, disse ontem, que a segunda etapa está sendo fechada como foi planejada. Garante que o apoio que o Governo do Estado tem oferecido as escolas, está colhendo bons frutos.

Positivo

Muito válida a iniciativa da diretoria do Auto Esporte, em fechar com o técnico Maia e com o preparador físico Eduardo Silvestre. A dupla tem potencial de sobra para fazer a torcida feliz na próxima temporada, desde que os dirigentes ofereçam as condições básicas de trabalho. Os contatos para fechar com os primeiros reforços já estão acontecendo com a indicação da comissão técnica.

Negativo

O que mais se vê no esporte amador da Paraíba é a falta de apoio para que técnicos e atletas possam cumprir metas. A cada ano aumenta o descaso. Apesar dos importantes resultados que a Paraíba tem no cenário nacional, o reconhecimento não chega e isso tem atrapalhado e muito o surgimento de novos talentos. É lamentável saber que a Paraíba se afasta cada vez mais dos grandes centros.

Vasco em João Pessoa

O professor Renildo Linhares realiza amanhã de manhã, a partir das 8h, a abertura de um núcleo esportivo do Vasco da Gama-RJ, em João Pessoa.As atividades no campo da Assif-PB, no Bessa. Os treinos serão na terça-feira à noite e aos sábados pela manhã, com crianças de 5 a 15 anos. Contatos pelo telefone 98814-5720.

No foco

A professora Janaína Chianca, que tem relevantes serviços prestados ao basquete paraibano e hoje treina as equipes do Cidade Viva, será homenageada no Prêmio Melhor do Esporte, em dezembro no Cabo Branco.

Amanhã, a Torcida do Ricão - do Botafogo-RJ - completará 17 anos de existência. Na segunda-feira a comemoração será durante o jogo contra o Corinthians. As festividades começarão às 19h, com bolo, salgados e cerveja de graça para os botafoguenses, na sede que fica na Rua Tito Silva, 466, em Miramar.

Relacionadas