segunda, 11 de dezembro de 2017

Sony Lacerda
Compartilhar:

A filha de Zabilo Gadelha

23 de novembro de 2017
Dentre as poucas mulheres que militam na política partidária (e eleitoral), uma merece destaque porque é testemunha de inúmeros acontecimentos que marcaram a história recente da Paraíba. Refiro-me à professora Fátima Pires, esposa do ex-prefeito de Santa Cruz, Homero Pires de Sá, e mãe do deputado estadual Lindolfo Pires, hoje secretário de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico.

Filha do ex-vice-governador André de Paiva Gadelha, conhecido como Zabilo Gadelha, Dona Fátima acompanhou os bastidores da política desde jovem e testemunhou as articulações que resultaram na vitória de Pedro Gondim para governador, com 148.960 votos, e do seu pai, Zabilo Gadelha, para vice, com 100.586 votos. Isso se deu na disputa eleitoral de 1960. Lindolfo não tinha nascido. Ele é de 1963.

Dona Fátima pode não ter dado seguimento à carreira política (foi suplente do senador Ney Suassuna), mas, com certeza, tem exercido um papel importante nas campanhas vitoriosas do seu filho e neto de Zabilo, Lindolfo Pires (Pros), que se prepara para mais uma disputa eleitoral em 2018. Lindolfo tem o DNA político no sangue por parte do avô e dos pais. E Dona Fátima tem um carisma impressionante. Além do mais, ela é entusiasta da participação da mulher na política e em todos os movimentos da sociedade.

“As mulheres conquistam espaço, buscam respeito, conseguem ascender profissionalmente. Além disso, dão significativa contribuição para a edificação da célula mãe da sociedade que é a família”, disse em entrevista a um blog da cidade de Sousa. É uma mulher de fibra.

Sexta-Feira

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), sanciona amanhã à tarde o projeto de lei da vereadora Raissa Lacerda que proíbe a Cagepa e a Energisa de colocarem os nomes de consumidores devedores no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e no Serasa. O projeto foi aprovado por ampla maioria.

Têm chances?

Alguns ex-deputados estaduais tentarão retornar à Assembleia Legislativa da Paraíba. Trabalham neste sentido Robson Dutra, Jacó Maciel, Guilherme Almeida, Pedro Medeiros e Biu Fernandes.

Hospital

O vereador Léo Bezerra (PSB) está cobrando do prefeito Luciano Cartaxo a construção do Hospital da Mulher, “promessa de 2012 e repetida em 2016”.

Processos

A Câmara Criminal e a Quarta Câmara Cível do TJPB se reúnem hoje para analisar 98 processos. As sessões serão realizadas no 1º andar do Anexo Administrativo, a partir das 9h (Cível) e das 14h (Criminal).

Quem sabe, sabe

O advogado Newton Vita é um dos mais requisitados da Paraíba na esfera do direito eleitoral. Ele já tirou muitos políticos do sufoco. Sabe trabalhar.

Quadrilha e forró

Depois que o prefeito Cartaxo sancionou projeto do vereador Luís Flávio (PSDB) reconhecendo as quadrilhas juninas como Patrimônio Cultural Imaterial de João Pessoa, o deputado Anísio Maia (PT) defendeu, no I Encontro Nacional de Forrozeiros, dia 20, em João Pessoa, que o forró seja Patrimônio Imaterial do País.

Filho da Jango

O pastor Luciano Breno, vereador do PPL de Campina, disse que o partido vai apoiar a pré-candidatura do escritor João Vicente Goulart à Presidência da República. João Vicente é filho do ex-presidente João Goulart.

Adiamento

Presidente da Frente Parlamentar das Energias Renováveis, Renato Gadelha (PSC), anunciou o adiamento de evento, hoje, em Santa Luzia.

Usucapião

O desembargador José Aurélio, regulamentou o usucapião extrajudicial. Notários e registradores já podem decidir com base em documentos sobre a posse de imóveis. O procedimento entra em vigor dia 15 de dezembro.

Avaliação

Filiado ao PSC, o vereador Bosquinho está avaliando se participará, ou não, das eleições do próximo ano. Tem chances para federal e para estadual.

Colaboração de Adelson Barbosa dos Santos

Relacionadas