terça, 12 de dezembro de 2017

Edinho Magalhães
Compartilhar:

2018 e a Unidade da Bancada

25 de novembro de 2017
A melhor notícia de Brasília pra Paraíba esta semana foi, sem dúvida, a da inclusão de 24 municípios da região de Guarabira na zona do semi-árido da Sudene. Isso quer dizer que esses município passarão a receber tratamento diferenciado de ajuda e de transferência de recursos federais. A conquista foi fruto de um árduo e planejado trabalho da bancada federal junto às autoridades em Brasília e em Fortaleza (sede do Banco do Nordeste onde funciona o conselho deliberativo da Sudene), desde o início do ano.

Resta, porém, uma observação para o comportamento da bancada, inclusive de nossos senadores, para a forma como anunciaram a novidade pelas redes sociais ou pelos grupos de whastapp. Mais parecia, cada qual, que haviam agido sozinhos ou que a conquista, ao final, só teria saído por méritos de ações individuais.

Natural que na véspera de ano eleitoral os membros da bancada queiram enfatizar suas atividades para as bases e valorizar suas atuações como representantes políticos, e por isso mesmo, a sensação de que a unidade da bancada federal, tão propalada ao longo desta legislatura, esteja chegando ao momento do ‘cada um por si’.

Exemplo disso se deu durante voo da Gol, na manhã de sexta-feira, quando quase metade da bancada se encontrou. Juntos, passaram a tecer comentários sobre os cenários de 2018 e os movimentos ‘nada republicanos’ atribuídos a alguns membros ausentes.

Como se vê 2018 está realmente chegando e com ele a certeza de que teremos um pleito bem diferente do de 14, com diversas possibilidades em aberto e com nenhum resultado fechado.

Na Globo News

O deputado Efraim Filho repetiu para o jornalista Gerson Camarotti, última quarta-feira, durante programa sobre o ‘Fim do Foro’, que “a prerrogativa especial é arcaica, aristocrática e estimula a impunidade”.  Participaram ainda, o presidente nacional da OAB e representante da AJUFE.

Cássio palestrante

Se desistisse da política, o senador Cássio Cunha Lima já teria emprego certo. Somente essa semana fez duas palestras. Uma em Goiânia, no Congresso de Tribunais de Contas do Brasil, onde foi homenageado “por sua atuação no fortalecimento do controle de contas públicas” e a segunda em Brasília, no Conselho Federal de Engenharia e Arquitetura – CONFEA.

PEC dos Arquitetos

No Confea Cássio foi falar sobre a PEC 14/2005, de sua autoria, que permite que engenheiros e arquitetos possam exercer dois cargos públicos ao mesmo tempo. “O Brasil tem muitos gargalos em infraestrutura e nas prefeituras do interior há grande demanda por projetos”.

Ambulâncias

Pelas redes sociais o senador Raimundo Lira comemora liberação de R$ 15 milhões do Ministério da Saúde, para aquisição de ambulâncias para 50 municípios da Paraíba, fruto de seu empenho. A relação dos municípios contemplados está no DOU e replicada em seu facebook.

Destaque

O deputado Pedro Cunha Lima figurou como único paraibano numa lista de 30 parlamentares homenageados pelo site “Ranking Político”, de Brasília, como “Melhores do Ano”, em 2017. A premiação foi entregue na tarde da última quarta, no auditório do Sindelegis que fica no edifício “Senador Ronaldo Cunha Lima”.

Discurso

Em sua fala de agradecimento, Pedro disse ter ficado “bastante estimulado como cidadão brasileiro observando uma nova arquitetura surgindo pra mudar um sistema falido que esta acabando com o país”. E completou: “como parlamentar temos que ficar atentos pra que, nessa mudança, possamos assegurar o espírito público sobre o que está por vir”.

Em Defesa do DNOCs

Última quinta pela manhã o senador José Maranhão participou de audiência pública sobre o DNOCS na comissão de agricultura da Câmara. Defendeu o órgão que tem sofrido um verdadeiro processo de ‘desmonte’: “O DNOCS deveria ter prioridade pois é o único órgão que pode atuar em emergências contra a seca.”

Imagem é tudo

Os coordenadores de bancada dos Estados do Nordeste estiveram reunidos esta semana com o presidente Temer. Foram enfatizar necessidade de ajuda federal aos municípios da região (estimada em R$ 4 bi) e cobrar solução para a dívida dos agricultores. Mas a imagem que ficou da reunião foi o coordenador paraibano, Wilson filho, aparecer em todas as fotos ao lado do presidente, no melhor estilo do personagem Frank Underwood, de  House of Cards .

Rômulo & Ricardo

Sim, o gordo e o magro juntos em Brasília! Mas não o Coutinho...era o Barbosa! Os deputados Rômulo Gouveia e Ricardo Barbosa estiveram em audiência com o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, esta semana, para avançar nos entendimentos de criação de uma Superintendência do banco em Campina Grande. “Conversa boa”.

Relacionadas