segunda, 11 de dezembro de 2017
Cinema
Compartilhar:

Fest Aruanda termina com ‘Quase Memória’, de Ruy Guerra

André Luiz Maia / 06 de dezembro de 2017
Foto: DIVULGAÇÃO
A décima segunda edição do Fest Aruanda se despede nesta quarta-feira (6) com uma programação variada. Tem exibição de curtas-metragens paraibanos, bate-papo com realizadores, lançamento de livro e a exibição do filme mais recente do grande homenageado da edição, o cineasta Ruy Guerra. O público poderá conferir Quase Memória em uma exibição na sala Macro XE do Cinépolis Manaíra Shopping.

A história é centrada na figura do jornalista Carlos (Charles Fricks), que um dia recebe um embrulho pelos Correios. Para seu espanto, o remetente é assinado pelo próprio pai, Ernesto (João Miguel), que morreu há alguns anos. Em um misto de espanto e nostalgia, ele se debruça em cima do pacote lacrado enquanto revisita memórias divertidas que teve na companhia do pai. O filme é baseado no romance autobiográfico de Carlos Heitor Cony, transposto para o cinema com tom farsesco e bastante colorido.

Ruy Guerra, que esteve em João Pessoa durante o festival, também estará presente na cerimônia de encerramento, que contará com o lançamento do livro Ruy Guerra – Paixão Escancarada, de Vavy Pacheco.

Mais cedo, o Aruanda exibe curtas paraibanos: O Terceiro Velho (Marcus Vilar), Universo Hip Hop – Paraíba Rap (Gerard Miranda), A Poeira dos Pequenos Segredos (Bertrand Lira), e Contínuo (Odécio Antônio e Carlos Eberte).

Relacionadas