sábado, 19 de agosto de 2017
Violência
Compartilhar:

Polícia investiga ‘lista da morte’ com nomes de policiais marcados para morrer na Paraíba

Érico Fabres / 24 de agosto de 2015
Uma lista com os nomes de dois policiais militares, o filho de um civil da ativa e mais um agente penitenciário foi encontrada em posse de Ednaldo Alves da Silva, preso na sexta-feira à noite, em Santa Rita. De acordo com o Major Cristovão Lucas, coordenador de Comunicação da Polícia Militar, ele foi detido pela posse ilegal de uma pistola ponto 40, de mesmo calibre da utilizada no assassinato do Cabo Thayrone Nunes de Lucena, que estava entre as quatro pessoas das anotações encontradas com o homem.

LEIA MAIS: Cabo é o 6º policial morte em 2015 e cúpula da segurança admite preocupação

De acordo com o Coronel Júlio César, comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar de Santa Rita, as investigações agora ficam a cargo da 6ª Delegacia Distrital, cuja titularidade é do delegado Alexandre Fernandes de Andrade, que não foi encontrado pela reportagem para comentar o caso.

Na lista, além dos nomes, estavam também detalhes de como as pessoas poderiam ser encontradas, como o veículo que cada um tinha ou até mesmo a roupa que eles estariam usando.

Segundo o comandante do 7º Batalhão, coronel Júlio César, a Polícia Civil ficará responsável por identificar a ligação do preso com a lista e com a morte do cabo Thayrone, se houver.

Além da pistola e a lista, o homem estava portando também dois celulares, diversas munições, um colete balístico e uma touca ninja. Também com ele estavam uma carteira de detetive e um distintivo de agente do poder judiciário.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba

Relacionadas