quarta, 21 de fevereiro de 2018
Violência
Compartilhar:

Paraíba contabiliza 476 assassinatos e tem média de quatro mortes violentas por dia

Redação com Secom-PB / 09 de Maio de 2016
Foto: Divulgação
A Paraíba já contabiliza 476 assassinatos nos primeiros quatro meses do ano, o que significa uma média de quatro mortes violentas por dia (3,9666). Contudo, os números ainda representam uma redução de 10,5% quando comparado ao mesmo período do ano passado. De janeiro a abril de 2015 foram registrados 532 homicídios, uma média de 4,4 por dia.

O relatório do 1º quadrimestre de 2016 ainda mostra que houve redução na ocorrência de homicídios de mulheres em relação ao ano passado, com 37 Crimes Violentos Letais Intencionais – homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte (CVLI) - com vítimas do sexo feminino este ano, enquanto no mesmo período do ano anterior foram 41. Os assassinatos de mulheres representam 8% do total de CVLI computados no Estado.

Para o secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, a redução do quadrimestre acompanha os quatro anos consecutivos de redução de homicídios, registrados desde 2012.

“A divisão territorial e a gestão pautada em resultados, com uso de Inteligência policial para as atividades de prevenção e repressão qualificada à violência pelas Forças de Segurança Pública, tem nos levado à obtenção desses resultados positivos. O processo de integração entre os órgãos operativos com a participação do poder Judiciário e o Ministério Público também é muito importante neste trabalho. Nesse período tivemos operações com prisões de suspeitos de homicídios, de crimes patrimoniais e apreensões de drogas e armas em todo o Estado, com respostas significativas nas áreas de maior ocorrência, a exemplo de João Pessoa, Litorais Sul e Norte do Estado, Campina Grande e Patos”, frisou o titular da pasta.

Áreas com redução – De acordo com a divisão territorial definida pela Lei Complementar 111/2012, dez Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp) apresentaram redução na ocorrência de assassinatos nos quatro primeiros meses deste ano: João Pessoa, diminuição de casos nas áreas norte e sul (16,7% e 20,3%), Santa Rita reduziu 10%, Alhandra (47,6%), Mamanguape (26,3%), Guarabira (28,6), Itabaiana (29,4%), Campina Grande (11,5%), Patos (16,7%), Itaporanga (26,2%) e Cajazeiras (11,1%).

Relacionadas