quinta, 19 de julho de 2018
Violência
Compartilhar:

O inimigo estava ao lado: universitário morto em padaria foi vítima da própria irmã

Katiana Ramos / 27 de junho de 2016
Pelo menos seis pessoas foram presas na tarde desta segunda-feira (27) suspeitas de participar do assassinato do universitário Marco Antônio Filho, de 28 anos, ocorrido no último dia 4. O homicídio aconteceu em uma padaria, no bairro do Jardim Luna, em João Pessoa, e a irmã da vítima, responsável pelo estabelecimento, está entre os presos.

A Polícia suspeita que o crime tenha sido motivado por disputa de herança. Os presos e mais detalhes sobre o caso serão apresentados na manhã desta terça-feira (28), na Central  de Polícia da capital.

Na manhã do dia 4, Marco Antônio foi morto com um tiro na cabeça durante um suposto assalto a padaria, que pertence à irmã dele. Conforme as imagens do circuito das câmeras de vigilância do estabelecimento e depoimento de testemunhas à época do crime, durante a ação dois homens chegaram ao local e renderam o estudante e os funcionários da padaria. Para executar o assalto, os ladrões obrigaram os funcionários do estabelecimento e o estudante a deitar no chão.

Ainda conforme as imagens e testemunhas, Marco Antônio não reagiu a abordagem dos bandidos, mas foi atingido por um dos disparos enquanto estava deitado de costas. Após a ação, os ladrões fugiram levando a motocicleta do estudante, que foi encontrada no mesmo dia do crime, no Bairro São José.

Marco Antônio estudava Veterinária no Campus da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em Areia, no Brejo. Segundo informações dos familiares, aos finais de semana ele costumava vir à capital para ajudar a irmã na padaria.

Relacionadas