domingo, 20 de maio de 2018
Transporte
Compartilhar:

Ônibus e trens ficam sem circular por conta de protestos

Da redação com Portal Correio / 22 de setembro de 2016
Foto: Assuero Lima
Protestos na manhã desta quinta-feira (22) interromperam por algumas horas o transporte de trens e ônibus coletivos na Grande João Pessoa. O bloqueio organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT-PB), em parceria com movimentos sociais, faz parte da mobilização nacional comandado pela CUT em defesa dos direitos trabalhistas e contra o governo de Michel Temer. O acesso da garagem da maior empresa de ônibus da Capital foi liberado por volta das 9h e os transportes coletivos deixaram a sede da empresa. Os trens também já foram normalizados.

De acordo com a assessoria de imprensa da CBTU, os trens voltaram a funcionar a partir das 10h30. A operação foi comprometida devido à interdição do trecho durante a madrugada por manifestantes, que colocaram pneus queimados nas duas saídas da Estação João Pessoa impedindo, assim, a circulação dos trens.

No total foram nove viagens canceladas e três mil usuários prejudicados. Com a normalização das viagens, os passageiros já poderão retornar as suas atividades se locomovendo através do transporte ferroviário.

Segundo a Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa ( Semob-JP), o Terminal de Integração da Capital foi liberado e os passageiros já estão tendo acesso aos locais de embarque e desembarque.

Na Integração, um grupo de manifestantes bloqueou a entrada do local. Passageiros foram impedidos de entrar no espaço, assim como os ônibus. As pessoas ficaram na parte externa do terminal para ter acesso aos poucos coletivos que circularam. Durante o protesto, cerca de 80% da frota de ônibus de João Pessoa deixaram de atender aos pessoenses.

O presidente da CUT-PB, Paulo Marcelo, disse que o objetivo foi atingido com o bloqueio dos ônibus e trens em João Pessoa. Marcelo fez um alerta à população para o desmonte dos programas sociais com o governo de Michel Temer. Caminhadas pelo centro da Capital estarão programadas para esta quinta.

Relacionadas