sábado, 17 de fevereiro de 2018
Cidades
Compartilhar:

Tem lixo a perder de vista no Rio Mandacaru

Lucilene Meireles / 18 de junho de 2016
Foto: NALVA FIGUEREDO
Quem passa na ponte do Rio Mandacaru, na Avenida Tancredo Neves, sentido Praia-Centro, certamente se chocou com a sujeira depositada no mangue, que está a perder de vista: garrafas PET, tampa de vaso sanitário, brinquedos até colchões e carcaças de geladeiras. O trecho é de responsabilidade da Prefeitura de Cabedelo. O secretário de Meio Ambiente, Walber Farias, prometeu fazer uma vistoria e a limpeza do local junto com a Secretaria de Infraestrutura. A população, porém, reclama que o problema é recorrente e pede providências mais efetivas.

O pedreiro Arnaldo Moreira Diniz passa todos os dias pelo local a caminho do trabalho e diz que acha a situação absurda, mas já perdeu as esperanças de ver o problema resolvido. “Está aí, cheio de lixo. A poluição tomando conta de tudo e ninguém dá jeito nisso. Tanta reclamação já foi feita e não há solução”, afirmou.

Segundo o fretista Marinésio Nogueira, o lixo que se acumula no mangue não é apenas culpa da população que vive próximo ao local, já que o rio começa nas Três Lagoas.

Quem é responsável? O encarregado pelo setor deLimpeza Pública da Secretaria de Infraestrutura de Cabedelo, Flávio Oliveira, afirmou que a limpeza seria responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente. O secretário de Meio Ambiente, Walber Farias, disse que o serviço não é sua atribuição, mas prometeu ir ao local verificar o problema. “Com as últimas chuvas, o volume de lixo trazido pela maré foi muito grande e ficou preso na vegetação. Ali é uma área complicada”, disse. A remoção será feita durante a maré baixa, mas ele não especificou a data.

Leia Mais

Relacionadas