terça, 17 de julho de 2018
Cidades
Compartilhar:

Sexo e drogas podem ser vistos em praça da Capital

Bárbara Wanderley / 17 de fevereiro de 2018
Foto: Assuero Lima
“A gente vê de tudo aqui”, é o que diz o funcionário Marcos Antônio, que coordena o paisagismo da Praça da Independência. Na última quinta-feira pela manhã, um casal foi flagrado fazendo sexo na praça, na área em frente ao colégio particular tradicionalmente instalado na área. O uso de drogas também não é incomum no local.

“Sempre tem gente fumando maconha aí, a qualquer hora do dia”, disse um comerciante da área, que preferiu não se identificar. Segundo ele, a Guarda Municipal não fica mais presente na praça, como ocorria anteriormente. Ele disse ainda, que alguns estudantes de escolas da região costumam jogar futebol na área central da praça. Embora o jogo não chegue a causar distúrbio, o local não é o mais adequado, pois a bola poderia atingir algum transeunte.

“Moro aqui há quase 20 anos e essa praça sempre foi assim. Tem droga, roubo”, disse o cozinheiro Bruno dos Santos. Marcos Antônio contou que de fato houve uma época em que os assaltos eram comuns, mas disse que hoje em dia isso não acontece mais. “Só tem esse pessoal que vem, fuma maconha e depois vai embora. Eles não mexem com ninguém. E esses casais aí”.

Marcos Antônio afirmou que os casais que andam passando dos limites na praça seriam adolescentes, provavelmente alunos das escolas localizadas nas redondezas. Há pelo menos quatro escolas e uma faculdade na região.

O comandante responsável pelas operações da Guarda Municipal, José Severino de Figueiredo, estava em reunião e não pode atender a reportagem na manhã de ontem. Um inspetor do setor de operações informou que, devido à falta de contingente, a guarda foi retirada da praça, mas agentes de moto fazem rondas no local várias vezes ao dia.

A Polícia Militar informou que, através do 1º Batalhão, realiza rondas constantes no entorno da Praça da Independência para coibir crimes patrimoniais e ocorrências relacionadas com drogas. A prática de ato obsceno em local público é crime previsto no artigo 233 do Código Penal. Qualquer ação suspeita desta natureza deve ser informada imediatamente à Polícia Militar através do número 190.

Praça da Independência



O espaço, inaugurado em 1922, nas comemorações do Centenário da Independência do Brasil, foi revitalizado em 2015.

A Praça da Independência foi projetada pelo arquiteto Hermenegildo di Lascio, que se inspirou no traçado geométrico típico francês e nos ideiais republicanos. O tombamento da praça foi realizado em 26 de agosto de 1980. A praça foi planejada durante o processo de modernização da cidade e simboliza, junto com a Avenida Epitácio Pessoa (de cujo início parte), a expansão urbana rumo à orla.

Relacionadas