terça, 12 de dezembro de 2017
Segurança
Compartilhar:

Os perigos de vender pela internet; saiba como fugir de roubos na hora da negociação

Rammom Monte / 29 de março de 2016
Foto: Divulgação
Uma modalidade de compra que vem se consolidando cada vez mais é a que há negociação direta entre vendedor e consumidor, sem o intermédio de uma loja, por exemplo. Normalmente, esta negociação acontece via internet, por meio das redes sociais. Porém, apesar de trazer algumas vantagens, como preços mais acessíveis, este tipo de negócio pode trazer um sério problema tanto para quem vende quanto para quem compra: o risco de cair em uma cilada.

O caso mais recente aconteceu nesta segunda-feira (28), quando dois homens que anunciavam na internet a venda de um caminhão foram assaltados no momento em que foi marcado o encontro para apresentar o veículo. De acordo com o especialista em segurança Deusimar Guedes, o mais prudente é sempre evitar este tipo de negócio.

“Este tipo de negócios, principalmente que envolvem grandes valores, o mais recomendável é fazer em lojas estabelecidas para minimizar ao máximo os riscos. Porém, caso os negociantes queiram assumir o risco, o aconselhável é fazer a transação em um local público, como uma loja de um amigo, por exemplo”, explicou.

Segundo Deusimar, este tipo de golpe é mais comum acontecer quando envolve grandes valores, não excluindo pequenas transações. Segundo ele, em qualquer negociação pode haver riscos, mas o que o consumidor, ou até mesmo o vendedor, pode fazer é sempre procurar minimizar estes riscos. Para ele, a melhor escolha é sempre negociar diretamente com as lojas, pois, caso algo dê errado, o cliente tem maior facilidade em reaver o dinheiro ou coisa do tipo.

Apesar de não recomendar este tipo de negociação, Deusimar assume que já fez. Porém, ele lista uma série de cuidados que se deve tomar.

Internet

 

Relacionadas