quarta, 26 de setembro de 2018
Saúde
Compartilhar:

Confirmado: bebê contraiu chikungunya ainda na barriga da mãe e está na UTI

Da redação com Portal Correio / 27 de junho de 2016
Um recém-nascido foi diagnosticado com chikungunya em Campina Grande. A infecção teria ocorrido ainda durante a gestação do bebê. O caso foi registrado pela Secretaria de Saúde de Campina Grande. A mãe do bebê teve a doença no fim da gravidez e a criança nasceu aparentemente bem. No entanto, o bebê começou a ter febre e crises convulsivas, sendo internado no Hospital Municipal da Criança e do Adolescente. Em seguida, foi transferido para a UTI do Hospital da FAP, onde permanece com quadro de saúde estável. Além deste, outros dois casos semelhantes estão sendo investigados na cidade. Segundo os pesquisadores, embora existam casos de transmissão de chikungunya da mãe para o bebê, durante a gestação, este pode ser o primeiro caso confirmado no Brasil.

A equipe de medicina fetal da Secretaria de Saúde, liderada pela médica Adriana Melo, está à frente das investigações. Os exames que constataram a presença do vírus, tanto na mãe quanto no bebê, foram realizados por pesquisadores do Instituto Paraibano de Pesquisa Professor Joaquim Amorim Neto (Ipesq), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (Facisa).

Responsável pelas pesquisas sobre a relação da microcefalia com o vírus Zika, a médica Adriana Melo explicou que os problemas causados pela transmissão vertical do chikungunya já são estudados pelos pesquisadores de Campina Grande. Ainda segundo a pesquisadora, apesar de não causar malformações, como a microcefalia, a chikungunya também pode acarretar danos neurológicos nos bebês.

Relacionadas