quarta, 13 de dezembro de 2017
Saúde
Compartilhar:

Familiares de grávida com suspeitas de H1N1 também foram internados em Patos

Da redação com assessoria / 09 de abril de 2016
Foto: Divulgação
Dois familiares da jovem de 17 anos que estava grávida e com sintomas de síndrome respiratória aguda grave também apresentaram suspeitas de terem contraído a gripe H1N1. A paciente, natural de Maturéia, estava com quadro clínico sugestivo de HIN1 e com 36 semanas de foi submetida ao parto cirúrgico e foi transferida do Sertão para Campina Grande, onde foi feita uma cesariana de emergência na última terça-feira (6).

Apesar da suspeita, o pai e a irmã da jovem já receberam alta do Hospital Regional de Patos. Eles deram entrada no hospital na quarta-feira (7) e receberam devido acompanhamento médico do quadro clínico. Segundo Aline Karla Araújo, coordenadora da Clínica Cirúrgica do HR, os pacientes foram orientados pela equipe médica.

O pai e irmão da jovem, que transferida para o ISEA de Campina Grande, cujo caso é grave, apresentaram sintoma de tosse produtiva (secreção), leucopenia, diminuição dos glóbulos brancos que atuam na defesa do organismo, porém sem febre, sem dificuldade de respirar e exames de Raio X sem alteração

Relacionadas