sábado, 18 de novembro de 2017
Saúde
Compartilhar:

Casos de dengue já representam metade do registrado em todo o ano de 2015

Mislene Santos / 26 de março de 2016
Foto: Divulgação
O número de notificações da dengue nos três primeiros meses deste ano - de 1º de janeiro a 18 de março - representa mais de 40% (41,4%) de todos os casos suspeitos registrados em 2014 e 2015, juntos. Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, 14.593 casos da doença foram notificados este ano. Somados os dois anos anteriores foram 35.550 notificações.

Significa que o número de casos suspeitos de dengue notificados em 2016 já é quase metade dos registrados em todo o ano de 2015. Pior que isso, esses dados são duas vezes maiores que os verificados em 2014.

A gerente executiva de vigilância e saúde do Estado, Renata Nóbrega, atribuiu este crescimento à chegada da febre chikungunya que tem sintomas semelhantes ao da dengue. “A doença nova (chikungunya) chegou com o mesmo vetor, que é o mosquito Aedes aegypti, e acabou sendo notificada como dengue. Isso pode ser um dos fatores que contribuiu para o crescimento do número de casos da doença este ano”, explicou Renata.

De acordo com Renata Nóbrega, este ano o número de notificações aumentou mais de 500%, se comparado com mesmo período de 2015. “Nós temos feito visitas casa a casa, mas a população precisa fazer uma varredura em seus lares semanalmente, pois 80% dos focos do mosquito estão nas residências e é preciso impedir que o mosquito nasça eliminando as suas lavras e essa ação tem que acontecer conjuntamente”, alertou Renata Nóbrega.Dengue---notificações-de-casos-suspeitos

 

Relacionadas