sexta, 25 de maio de 2018
Cidades
Compartilhar:

Procon-JP encontra diferença de até R$ 500 no preço da máquina de lavar roupas

Da redação com assessoria / 02 de Maio de 2016
Foto: Nalva Figueiredo
O Dia das Mães está chegando e um dos presentes comuns nesta época são os eletrodomésticos. Por conta disto, a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) realizou, entre os dias 26 e 28 de abril de 2016, levantamento de preços dos produtos. Conforme a pesquisa, a maior variação, 38,49%, ficou com a máquina de lavar roupas Brastemp BWK11, 11 kg, com preços variando entre R$ 1.299,00 e R$ 1.799,00, diferença de R$ 500,00.

A menor variação da máquina de lavar roupas, 2,84%, ficou com a Suggar Turbilhão Max, 7 quilos, com preços entre R$ 385,80 e R$ 369,00, diferença de R$ 10,20. Os dados foram coletados em oito estabelecimentos e levantou o preço de 181 itens divididos em geladeiras, fogões e máquinas de lavar roupas.

Geladeira

Quanto aos preços referentes às geladeiras, a maior variação, 32,82%, ficou com a Consul CRA30, 261L, degelo seco, com preços entre R$ 978,00 e R$ 1.299,00, diferença de R$ 321,00. A menor variação foi de 1,25%, na Esmaltec RCD38, 306 litros, com preços entre R$ 1.378,00 e R$ 1.396,00, diferença de R$ 17,20.

Fogão

No quesito fogão, a menor variação, 2,39%, é do Esmaltec Caribe, seis bocas branco, com preços entre R$ 634,80 e R$ 650,00, diferença de R$ 15,20. A maior variação, 37,84%, foi registrada no Esmaltec Ágata, quatro bocas, branco, com preços entre R$ 399,00 e R$ 550,00, diferença de R$ 151,00.

É presente

O secretário do Procon-JP, Marcos Santos, chama a atenção do consumidor que pretende presentear a mãe com eletrodomésticos que fique atento às diferenças nos preços porque, como não são itens baratos, qualquer variação pode fazer diferença. “Também se deve atentar para a escolha do produto tendo em mente que se trata de um presente e o gosto a ser considerado é o da mãe”.

Trocas

O titular do Procon-JP esclarece que é importante o consumidor ficar atento à política de troca da loja para o caso da pessoa presenteada não gostar da marca, tamanho ou cor do produto. “Aconselho que o consumidor veja a política de troca da loja no momento da compra e que isso seja especificado em nota fiscal porque, se não há vício com o produto, não há nada que justifique a troca e a loja não teria a obrigação de realizar esse procedimento. É bom saber o gosto da mãe antes da compra ou um acordo deve ser feito antes da compra, com o próprio estabelecimento”, salientou Marcos Santos.

A pesquisa do Procon-JP avaliou preços nos seguintes estabelecimentos: Casas Bahia (Mangabeira Shopping); Atacadão dos Eletros (Mangabeira); Carrefour (Bessa); Lojas Maia Magazine Luiza (Centro); Armazém Paraíba (Centro); Supermercado Extra (avenida Epitácio Pessoa); Hiper Bompreço (Bessa); e Eletro Shopping (Mangabeira Shopping).

Para acessar a pesquisa completa acesse o portal da prefeitura de João Pessoa – http://goo.gl/mLw3fI e o site do Procon-JP – proconjp.pb.gov.br

Relacionadas