sexta, 18 de agosto de 2017
Policial
Compartilhar:

Delegados em falta: Paraíba tem 250 profissionais para mais de 300 delegacias

Lucilene Meireles / 22 de agosto de 2015
A Paraíba tem menos delegados do que precisa. A confirmação foi feita ontem, pelo secretário da Segurança e da Defesa Social (Seds), Cláudio Lima, durante a inauguração da nova Central de Polícia de João Pessoa, no bairro Ernesto Geisel, que abriga todas as delegacias especializadas, inclusive a segunda Delegacia da Mulher da Capital. A estrutura começa a funcionar parcialmente no dia 1º de setembro e até o final do próximo mês todas as especializadas estarão em plena atividade. Em todo o Estado são cerca de 250 delegados e mais de 300 delegacias.

A realidade acaba fazendo com que um profissional responda, ao mesmo tempo, por mais de uma delegacia, mas por enquanto, conforme o secretário, não é possível realizar concurso público, porque ainda estão sendo chamados aprovados no certame anterior.

“Nós só podemos fazer concurso depois da homologação do último, que termina por volta de abril. Temos hoje em torno de 2,1 mil policiais civis. Eram em torno de 1,8 mil. O governador autorizou a entrada de 500 que vêm sendo chamados aos poucos, mas é bom lembrar que essa realidade não é só da Paraíba. Nenhum Estado consegue ter um delegado em cada município”, enfatizou.

Mesmo com o número insuficiente de delegados, ele destacou que o déficit vem sendo superado pelas ações do governo. “A nova Central de Polícia é toda informatizada. Ganha a polícia, ganha a população e podemos agora prestar um serviço melhor”.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba

Relacionadas