quarta, 26 de setembro de 2018
João Pessoa
Compartilhar:

Viaduto do Geisel passa pelo ‘teste de fogo’ nesta segunda-feira

André Luiz Maia / 25 de julho de 2016
O Viaduto do Geisel teve parte de sua obra entregue no sábado, já apresentando algumas modificações no trânsito. Mas a eficiência dessa intervenção só será atestada a partir de hoje, com o fluxo normal de veículos na pista. Ainda assim, os motoristas que normalmente circulam por aquela área já notaram algumas mudanças durante este fim de semana.

É o caso do taxista Jonildo Pereira, que costuma circular pela região por conta de seu ponto de táxi, localizado em um posto de gasolina próximo ao viaduto. “Já houve uma melhoria grande com essa parte liberada. Não há mais aquele transtorno de você ficar parado na frente de outros carros naquela parte onde era o retorno”, explicou.

Quem estiver pela BR 230 em direção a Campina Grande, deve passar pela parte superior do viaduto, seguir até a Energisa e pegar a alça à esquerda para retornar à rodovia. Os motoristas que estiverem fazendo o percurso inverso irão pegar um novo acesso à direita, nas imediações do Centro de Eventos e Exposições (Parque de Exposição), passar em frente à Central de Polícia até a loja Carajás, e, nessas imediações, seguir pelo acesso à esquerda, retornando à rodovia.

Para o taxista, como o trecho foi inaugurado no fim de semana, ainda não é possível ter a real dimensão das modificações, mas acredita que serão positivas. “Só a partir da manhãzinha de segunda que dá para ter ideia mesmo. Mas acho que vai ser bom mesmo. Antes, só tinha um sinal de trânsito e, quando ele fechava, ficava tudo parado. O trânsito daqui acumulava com o do outro viaduto, ali entre Cristo e José Américo, e parava tudo. Agora não, mesmo que passe devagar, há fluxo contínuo”, espera Jonildo.

O técnico administrativo Valmir Menezes, que estava abastecendo no posto próximo ao viaduto, ainda não passou pela região após as modificações, mas trabalha ali perto, sendo diretamente afetado pela obra. “Eu espero que essa obra resolva o trânsito, principalmente na hora da saída do expediente, próximo às 18h. Com a obra, eu acho que vai ter mais rotatividade e a chegada até em casa fique mais rápida”, acredita.




 

Relacionadas