segunda, 16 de outubro de 2017
João Pessoa
Compartilhar:

Na Mostra Paraíba Transparente, TCE cobra transparência de gestor

Adriana Rodrigues / 27 de agosto de 2015
Foto: Rafael Passos
Os gestores que descumprirem a Lei de Transparência e Acesso à informação poderão ter as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas. Foi o que afirmou ontem, o presidente em exercício do órgão, conselheiro André Carlo Torres, que também é coordenador do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB), durante a abertura da 1º Mostra Paraíba Transparente.

O evento, promovido pelo Focco-PB e que está sendo realizado no Centro Cultura Ariano Suassuna, em João Pessoa, discute até amanhã as boas práticas de transparência pública dos municípios paraibanos, que levaram quatro prefeituras a figurarem entre as 20 mais transparentes do País, em pesquisa realizada pela Controladoria Geral da União (CGU). O trabalho em busca da transparência pública e do controle social foi deflagrada pelo Focco e pelos órgãos de controle e fiscalização desde 2013, com a avaliação dos portais e serviços de atendimento aos cidadãos das prefeituras, Governo do Estado e Câmaras municipais.

A próxima avaliação deve ocorrer até o final do ano e os que continuarem descumprido a Lei, receberão novas multas .

Relacionadas