segunda, 18 de dezembro de 2017
João Pessoa
Compartilhar:

Trauma JP realiza mutirão de cirurgias plásticas em vítimas de queimaduras graves

Secom-PB / 28 de agosto de 2015
Foto: Arquivo
O Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, por meio do Serviço de Cirurgia Plástica e Queimados, realizará o I Mutirão de Tratamento Cirúrgico de Sequelas de Queimaduras do Estado da Paraíba nos dias 22 e 23 de setembro. A ação tem como público alvo pessoas sequeladas por graves queimaduras, residentes em todo Estado da Paraíba. Os interessados em se submeterem à cirurgia devem entrar em contato com o Serviço Social da unidade de saúde até o dia 10 de setembro para fazer o cadastro. Mais informações podem ser adquiridas através do telefone número 3216-5752.

Trata-se de um projeto pioneiro, que conta com a parceria da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), e pretende beneficiar adultos e crianças. “O mutirão atenderá cinco pacientes por dia e contará com a participação de cirurgiões plásticos, com larga experiência, do Estado e outras regiões do país”, explicou Saulo Montenegro, coordenador médico da Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) do Hospital de Trauma.

Saulo Montenegro acrescentou que o Hospital de Trauma e seu anexo, Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba – HTOP, disponibilizarão toda a estrutura física e apoio logístico para a realização dos procedimentos cirúrgicos. “Os pacientes com sequelas mais simples provavelmente serão liberados no mesmo dia, enquanto que os mais graves permanecerão internos”, relatou.

Segundo o diretor técnico da instituição, Edvan Benevides, o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa é referência nacional em Terapias de Queimados e cirurgia plástica corretiva e restauradora. “Sentimos a necessidade de ampliarmos o acesso à população paraibana e até de outros Estados a um tratamento de alta qualidade e diferenciado como este no nosso Hospital. Isso demonstra não somente o compromisso do Governo com a população como também a qualidade de nosso serviço em conseguir dar retorno não só às urgências e emergências, como também viabilizar parcerias dessa magnitude, como no caso com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica”, ressaltou.

Referência – De janeiro a junho de 2015, o Hospital de Trauma recebeu 619 casos de queimaduras, já no ano de 2014 foram 1.327 ocorrências.

 

Relacionadas