segunda, 25 de setembro de 2017
João Pessoa
Compartilhar:

Creche erguida com doações é entregue no centro da Capital

Da Redação / 04 de agosto de 2015
Foto: ASCOM TRT-PB
Com capacidade para atender 100 crianças, a Creche Amiguinhos inaugurou sua nova sede na semana passada. Instalado no Varadouro, no centro de João Pessoa, o novo prédio, construído com o auxílio de colaboradores e dos associados do Solidariedade Clube da Paraíba, tem salas de aula e recreação, cozinha, banheiros, parque e área de convivência. O solidariedade Clube da Paraíba é formado por servidores do Tribunal do Trabalho da Paraíba.

O coral infantil, formado pelas crianças da creche, regido pelo maestro Carlinhos Telles, com acompanhamento de Karla Leitão, marcou o início das atividades da solenidade de inauguração. Em seguida, o presidente do Solidariedade Clube da Paraíba, Clóvis Borba foi homenageado pelo seu neto, Rodrigo Borba Paulino, com uma mensagem.

Em seu pronunciamento, Clóvis Borba, que é servidor aposentado do TRT (13ª Região) lembrou que o trabalho iniciado há 12 anos, estava concluído. “A crehe começou atendendo 30 crianças, depois passou para 50 e, agora, passará a atender 100, sendo a única na região com berçário”, disse. O padre Francisco de Assis, pároco da Igreja de São Frei Pedro Gonçalves, da comunidade do Varadouro, destacou que se trata de uma obra concluída com  a solidariedade dos servidores do TRT.

A faixa inaugural foi cortada pela procuradora do trabalho (MPT), Myllena Alencar e por dona Lucilene, mãe de um dos alunos da creche. A placa inaugural foi descerrada pelo presidente do Tribunal do Trabalho da Paraíba, desembargador Ubiratan Delgado e pelo ex-presidente do TRT e presidente de honra do Solidariedade Clube, Afrânio Melo.

Parceria. O Tribunal do Trabalho da Paraíba é parceiro na construção e manutenção da Creche Amiguinhos e o presidente, desembargador Ubiratan Delgado, é um dos entusiastas da parceria. “É importante quando a Justiça se insere no contexto da sociedade com uma iniciativa como essa. Vemos aqui o que chamamos de cimento da humanidade, porque a humanidade não se poria de pé se não fosse o cimento

Relacionadas