quarta, 21 de fevereiro de 2018
João Pessoa
Compartilhar:

Chuvas colocam autoridades em alerta e força-tarefa é montada por prefeituras

Redação / 16 de Abril de 2016
Foto: João Paiva
Já são mais de 24 horas de chuvas em cidades da Grande João Pessoa. O que era esperado para um mês inteiro, choveu em apenas um dia colocando autoridades em alerta. Algumas prefeituras, como a de Cabedelo e a de João Pessoa montaram uma força-tarefa para monitorar áreas de risco. Em Santa Rita o abastecimento de água foi suspenso.

Na Capital, desde as primeiras horas deste sábado (16), a Prefeitura Municipal intensificou o monitoramento das áreas consideradas de risco. De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, Noé Estrela, nas últimas 24 horas choveu cerca de 165 milímetros na cidade. Ainda segundo ele, esse volume de chuva é preocupante tendo em vista que o órgão já fica em alerta a partir dos 50 milímetros e a previsão para este domingo ainda é de mais chuvas.

Serviço – Em casos de desastres como quedas de árvores, deslizes de barreiras, desabamentos e alagamentos, a população pode entrar acionar gratuitamente os serviços da Defesa Civil por meio do telefone 0800 285 9020 que funciona nas 24 horas do dia.

Força-tarefa em Cabedelo

O prefeito Leto Viana determinou uma força-tarefa para tomar providências urgentes e emergenciais para minimizar os danos causados devido às fortes chuvas que caem em Cabedelo desde a sexta-feira (15). Uma Comissão foi formada para prestar toda a assistência necessária às famílias desabrigadas, que deverão ficar alojadas na quadra do Ginásio do Renascer, a partir das 20h. Por lá, estarão presentes equipes de assistência social, Guarda Municipal e saúde.

A Comissão será coordenada pela primeira-dama, Jacqueline Monteiro, com a participação de secretários municipais, representantes do poder legislativo e líderes comunitários. Ainda estão sendo convocadas entidades privadas, associações de voluntários, clubes de serviços (como Bombeiros, Igrejas, Polícia Militar e Exército), organizações não governamentais e associações de classe e comunitárias, conforme o Art 8º da Lei Federal 12.608/12.

Sem água em Santa Rita

A estação elevatória de água bruta, localizada às margens Rio Tibiri, foi inundada, e vários equipamentos foram danificados. Em virtude disso, o abastecimento na cidade foi interrompido, exceto no distrito de Várzea Nova, que é abastecido pela sistema de Marés. Apesar da continuidade das chuvas, técnicos da Cagepa estão trabalhando na retirada dos equipamentos danificados, no entanto, ainda não há previsão para a retomada do abastecimento.

Mais informações sobre os serviços prestados pela Cagepa podem sem obtidos, gratuitamente, através do número 115.

Relacionadas