terça, 18 de dezembro de 2018
João Pessoa
Compartilhar:

A um dia do São João, preço da mão de milho sobe e chega a R$ 40 em João Pessoa

Redação com Secom-JP / 22 de junho de 2016
Foto: Rafael Passos
Faltando apenas um dia para o São João, o preço da mão de milho subiu e já chega a ser encontrado por R$ 40, em João Pessoa. Dias atrás, o valor máximo alcançado era R$ 35. De acordo com pesquisa divulgada pela da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), o produto apresenta uma variação de até 166,67%.

O levantamento de preço foi realizado no dia 20 em cinco mercados públicos da Capital, com valores entre R$ 15,00 (Mercado de Oitizeiro) e R$ 40,00 (Central), uma diferença de R$ 25,00.

A mão do milho, que pode ser encontrado com ou sem palha, apresenta as seguintes variações: milho pequeno com palha, 133,33%, com preços que vão de R$ 15,00 (Oitizeiro) a R$ 35,00 (Central), diferença de R$ 20,00; milho grande com palha, 66,67%, com preços entre R$ 30,00 (Central, Mangabeira, Torre e Bairro dos Estados) e R$ 50,00 (Central), diferença de R$ 20,00; milho grande sem palha, 66,67%, com preços entre R$ 30,00 (Central, Mangabeira, Torre, Bairro dos Estados) e R$ 50,00 (Central), diferença de R$ 20,00.

Outro produto que também serve de base para os pratos típicos dessa época, o coco, apresenta uma variação de 33,33%, de acordo com o levantamento do Procon-JP. Os preços variam entre R$ 3,00 (Mangabeira – Box Antônio do Milho) e R$ 4,00 (Mangabeira – Box da Poderosa).

Ricardo Holanda, secretário-adjunto do Procon-JP, chama a atenção do consumidor para a pesquisa porque o mesmo produto pode variar de preço dentro do mesmo mercado. “Realizamos nossa pesquisa em 16 pontos de vendas de cinco mercados públicos e os valores variam bastante de um box para outro, como é o caso do Mercado Central, que vende o mesmo tipo de produto com preços bem diferentes de um box para outro”.

A pesquisa foi realizada nos seguintes mercados públicos: Oitizeiro, Central, Mangabeira, Bairro dos Estados e Torre. O consumidor pode conferir a pesquisa completa acessando o link http://bit.ly/28VPpRY

Relacionadas