sábado, 18 de novembro de 2017
João Pessoa
Compartilhar:

Movimento ‘Fui Assaltado JP’ contabiliza 354 assaltos em seis meses na Capital

Bruna Vieira / 31 de março de 2016
Foto: Arquivo
O grupo já tem mais de 14 mil inscritos e analisou depoimentos entre os meses de outubro do ano passado e março deste ano.

O Movimento Fui Assaltado JP, formado por membros do Facebook, reúne relatos de ocorrências policiais, feitos por vítimas e pessoas preocupadas com a onda de violência na Capital. Na última segunda-feira, o movimento divulgou um relatório semestral, que aponta 354 casos. Assaltos respondem por 72,5% das ocorrências.

Bancários é o bairro em que mais pessoas informaram crimes. O mês de novembro foi o que mais teve relatos. O número reflete uma parcela da realidade, pois engloba apenas os episódios que foram relatados por vítimas na página da rede social.

A coordenadora do movimento, Débora Suelda informou que em 39% dos assaltos, os objetos roubados foram celulares. O relatório deve ser enviado à Secretaria de Estado da Segurança Pública, com o objetivo que medidas preventivas e de combate à violência sejam reforçadas nos locais apontados no documento.

O relatório também traz o local e data da ocorrência para traçar um perfil dos casos. “Conseguimos visualizar um certo padrão nas ocorrências que chegam até nós, diariamente. A maioria desses assaltos acontecem em paradas de ônibus à noite, quando os trabalhadores e estudantes estão voltando para casa e ficam vulneráveis ao assédio de criminosos”, afirmou Suelda, no portal que administra.

Dados oficiais. A reportagem solicitou à assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança dados oficiais das ocorrências policiais. Assim que o levantamento for disponibilizado, o jornal fará a divulgação, bem como dos encaminhamentos do poder público para combater a violência.

Bairros mais violentos:

Bancários: 26,6%

Mangabeira: 10,2%

Bessa: 7,8%

José Américo: 5,1%

Manaíra: 5,1%

Geisel: 4,8%

Valentina: 4,2%

Outros bairros: 36,2%

Tipos de violência:

Assalto: 72,5%

Tentativa de assalto: 10,1%

Outros (furto, arrastão, seqüestro, agressão, assassinato, arrombamento e tentativa de seqüestro): 17,4%

 

Objetos mais roubados/furtados:

Celulares e aparelhos móveis: 39%

Veículos: 30%

Carteira/bolsa: 25,4%

Joia, relógio ou dinheiro: 5,6%

 

Ocorrências por mês: - Gráfico de curva

Outubro: 13,7%

Novembro: 22,2%

Dezembro: 17%

Janeiro: 15,5%

Fevereiro: 11,9%

Março: 19,8%

 

 

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas