segunda, 25 de setembro de 2017
Educação
Compartilhar:

MEC divulga notas e revela que ensino pago detém o ‘poder’ de classificação no Enem

Abr São Paulo / 06 de agosto de 2015
O Ministério da Educação (MEC) divulgou, ontem, as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014, por escola. O recorte por Estado mostra que as dez menores médias da Paraíba foram de escolas da rede estadual, enquanto as dez maiores foram de unidades da rede privada. A Escola Virgem de Lourdes, em Campina Grande está no topo do ranking estadual, com 768,33. A nota mais alta no País foi de uma escola privada do Rio de Janeiro (886,56).

Segundo o Inep, se consideradas as instituições de grande porte (com mais de 90 alunos que fizeram o Enem), onde mais de 80% dos alunos que também fizeram o exame cursaram todo o ensino médio (alto índice de permanência) e têm estudantes de nível socioeconômico baixo ou muito baixo, as dez mais bem colocadas escolas públicas do ensino médio estão no Nordeste. Ao todo, 15.640 instituições de ensino tiveram as notas divulgadas, nas quais 1.295.954 estudantes fizeram o Enem.

A Escola Estadual de Educação Profissional Padre João Bosco de Lima, de Mauriti, no Ceará, está no topo da lista, entretanto o Inep destaca o recorte em que essa lista foi feita. A divulgação das notas finais ocorrerá no dia 27. Para ter a nota divulgada, é exigido que pelo menos dez alunos tenham participado da edição do Enem em 2014 e que no mínimo 50% de todos os estudantes tenham feito o exame. Foram considerados os alunos matriculados na 3ª série do ensino médio regular. Desses, foram levados em conta os alunos que fizeram as quatro provas objetivas e a prova de redação, desde que não tenham tirado nota zero nas provas objetivas.

 

Leia matéria completa no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas